Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Escoteiros de Xaxim recebem equipamento de rapel do Ministério Público

Estreia dos equipamentos aconteceu no sábado, no Campo Escoteiro Pequena Queda D'Água (Foto: Cleusa Frese) Estreia dos equipamentos aconteceu no sábado, no Campo Escoteiro Pequena Queda D'Água (Foto: Cleusa Frese)

No último sábado (10), a tropa escoteira realizou atividade de rapel, estreando os equipamentos adquiridos com apoio do Ministério Público de Xaxim. A sessão aconteceu no Campo Escoteiro Pequena Queda D’Água. O Grupo Escoteiro Áquila, que é a única entidade escoteira do município, preza pelos valores morais e capacita os jovens por meio do centenário método desenvolvido pelo militar Baden-Powell, fazendo atividades atraentes e variadas e como resultado os jovens dizem “É legal ser escoteiro”!

Essa é uma expressão que se ouve com frequência entre os membros do Grupo Escoteiro Áquila, de Xaxim. Mas, o que está por traz dessa expressão é o real sentimento de fazer parte de um grupo que proporcional o desenvolvimento dos jovens e a superação dos seus limites. Para possibilitar a atividade com segurança, quatro chefes do grupo realizaram curso e treinamento profissional no rio Grande do Sul. “O rapel é uma atividade legal, com adrenalina, o jovem adora. Mas se não for executada com segurança e conhecimento acaba frustrando os membros”, explica o diretor técnico, chefe Rudinei Frese.

Para o escoteiro Arthur Caccato Nardino, a atividade foi incrível. “No início senti um pouco de medo, mas sabia que estava seguro, pois todos os chefes estavam lá dando suporte e apoio para que eu enfrentasse meus medos. Foi top”, disse o jovem. “Estou adorando fazer parte dos escoteiros”, concluiu.

A base para o rapel foi construída no final de semana anterior. As cordas foram preparadas e o equipamento todo foi testado, antecipadamente, pelos adultos. O resultado foi muito positivo. “Os jovens estavam aguardando ansiosos para fazer rapel, com equipamento certificado, mas não tínhamos condições financeiras para adquirir o material necessário. Mas a sensibilidade e apoio do Ministério Público, bem como o entendimento do promotor Diego Barbiero, sobre a importância do escotismo para os jovens do município e para uma sociedade melhor, fez com que conseguimos o material e hoje realizássemos a atividade com êxito”, detalha chefe Rudinei.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro