Close Menu

Busque por Palavra Chave

MERCADO DE TRABALHO

Desenvolvedor de sistemas de Xaxim que morou no Canadá conta sobre rotina do home office

Por: LÊ NOTÍCIAS
23/03/2018 11:16 - Atualizado em 23/09/2019 11:04
Ezequiel Conte, sua esposa Catherine e o filho Victor puderam viajar pelo mundo, como para a Disney, nos EUA, devido à flexibilidade de emprego de Ezequiel (Foto: Arquivo Pessoal de Ezequiel Conte) Ezequiel Conte, sua esposa Catherine e o filho Victor puderam viajar pelo mundo, como para a Disney, nos EUA, devido à flexibilidade de emprego de Ezequiel (Foto: Arquivo Pessoal de Ezequiel Conte)

Por Vitória Schettini

A tecnologia, que permitiu que o mundo evoluísse num ritmo aceleradíssimo nos últimos 50 anos, também modificou os métodos e rotinas de trabalho ao redor do globo. As empresas, com o objetivo de não ficarem ultrapassadas, também tiveram que se adaptar às novas mudanças e isso modificou também o trabalho. Nesse sentido, o desenvolvedor de sistemas Ezequiel Conte, de 32 anos, conta ao LÊ NOTÍCIAS as novidades do mercado, onde ele atua e como funciona o seu dia a dia, com o trabalho remoto.

Ezequiel se formou em 2008, no curso de Ciências da Computação, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e fala português, inglês e espanhol. Após quatro anos de graduação, ele passou a buscar um emprego na área e por indicação de um amigo, que também procurava uma vaga, começou a trabalhar em uma empresa do Canadá, a Risevision. “O meu colega de graduação mandou um currículo para a Risevision e por indicação dele, eu fiz o processo seletivo e acabei entrando nessa empresa. Há dois anos e meio, trabalho no estilo home office, ou seja, em qualquer lugar, contanto que eu tenha apenas um notebook”, destaca o desenvolvedor de sistemas.

A RISEVISION

De acordo com Ezequiel, a Risevision oferece serviços de marketing digital, onde há uma plataforma online onde as empresas, de vários portes, podem utilizá-la a seu favor. “Nós oferecemos ao cliente um aplicativo que desenvolvemos e uma espécie de apresentação. Por conta da facilidade desse sistema, contabilizamos cerca de 120 clientes pelo mundo”, ressalta.

Além disso, a Risevision funciona em Toronto, na província de Ontário, em um escritório compartilhado com outros estabelecimentos, o coworking. Esse método permite que os funcionários trabalhem em casa, ou em qualquer lugar que estiverem, seja no Canadá ou nos EUA, de onde a maioria deles vem.

Ainda, ele tem a possibilidade de trabalhar com três colegas da graduação. “Nós temos uma amizade grande, porque estudamos juntos, no entanto, cada um está em uma equipe diferente e não conseguimos interagir muito durante o dia. Mesmo assim, a Risevision tenta, pelo menos uma vez ao ano, reunir todos os funcionários, geralmente em Toronto, para haver mais interação entre o pessoal. Quando não estamos trabalhando, eu consigo conversar mais com eles”, revela.

Ezequiel também complementa que o dia de trabalho começa com uma videoconferência, além da apresentação de um relatório do dia anterior e o planejamento para o dia. “Nós nos reunimos, alinhamos as tarefas do dia e se alguém tem uma dúvida ou precisa de uma ajuda, estamos à disposição. Por eu ser um líder, eu acabo tendo mais interações e reuniões pelo dia”, conta.

FLEXIBILIDADE

Nas palavras de Ezequiel, ele utiliza para trabalhar um notebook e as linguagens da programação, como o html e o ss, para páginas de internet e o java script, no qual é feita a lógica no servidor. “Por conta do home office, posso trabalhar em qualquer lugar do mundo, contanto que tenha um notebook. O meu horário de trabalho é normal, mas sigo o horário de Ontário, o qual seria das 9h às 17h. Nós escolhemos trabalhar dessa maneira para que haja mais sincronia e alinhamento das atividades e assim, se eu precisar de alguém para me ajudar, por exemplo, essa pessoa estará disponível”, conta ao LÊ NOTÍCIAS.

EXPERIÊNCIAS PELO MUNDO

Segundo Ezequiel, seu contato com outros países iniciou no último período de graduação, quando estava terminando o curso de Ciências da Computação na UFSC. “Na época, eu recebi uma bolsa de estudos para permanecer em Portugal por seis meses. Em seguida, eu decidi que queria aperfeiçoar mais meu inglês e fui para Dublin, na Irlanda e posteriormente, para Tullamore, uma pequena cidade no mesmo país, com 20 mil habitantes. Foi simplesmente fantástico”.

A flexibilidade do emprego de Ezequiel oferece a possibilidade de conhecer outros países pelo mundo. Com a família de Xaxim, ele atualmente mora em Santos (SP). Em 2017, ele revela que morou em três locais distintos, por conta da facilidade. “No ano passado, eu pude viver com a minha família no Canadá, onde eu e minha esposa Catherine tivemos a experiência incrível de brincar na neve, com nosso filho Victor. É um país que oferece uma grande estrutura à população, com transporte público pontual e hospitais equipados. Além disso, o povo canadense é muito receptivo e simpático com os imigrantes, nos tratando com educação. Após, fomos viver em Miami (EUA), Roma (Itália) e em Malta, por seis meses”, finaliza.


Outras Notícias
Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro