Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Editorial | Chega, basta de submissão ao crime!

Por: LÊ NOTÍCIAS
28/03/2018 09:48 - Atualizado em 28/03/2018 09:50
Policiais Caroline e Claudecir foram assassinados por bandidos em Natal (RN) e Chapecó, respectivamente Policiais Caroline e Claudecir foram assassinados por bandidos em Natal (RN) e Chapecó, respectivamente

Dois assassinatos de policiais de Chapecó em apenas 15 dias, mostra o perigo em que a sociedade, não interessa o lugar no país, está vivendo sob ameaça. É um índice altíssimo para admitir que são números desconsideráveis ou apenas uma comoção que, amanhã, todos vão esquecer. Não vai ocorrer isso. Basta de submissão ao crime.

A PM de SC é a mais exemplar do país, com seus policiais trabalhando dia a dia na cobertura dos cidadãos de bem e, por isso, é o melhor que o setor público oferece para a população. É o guardião que o homem de bem observa como seu escudo diante do terror vivido diariamente.

O que está acontecendo? Por que a ameaça real contra os policiais é o pesadelo que o país está presenciando? Porque a Lei protege o bandido e expõe o policial como o vilão, o carrasco, o impiedoso, o cruel que pode morrer e o bandido, devido à proteção que a Constituição lhe dá, sai pela porta da frente para matar, roubar, cometer todo tipo de atrocidade contra o cidadão.

A Justiça, que aplica a lei, não é a culpada por todos os erros que estão sendo presenciados. Vem da classe política que faz a lei que coloca o povo no paredão da execução.

A morte de Caroline Pletsch agora e, há quinze dias, do sargento Claudecir Barrionuevo, mostra o osso exposto. A população está em xeque pelo crime e as forças policiais estão desarmadas, sem possibilidade de reagir, porque a Lei e os Direitos Humanos que, sem argumento, perdeu sua força e grandeza, está do outro lado.

Ou se dá um basta, acabando com esta tolerância idiota que algema o protetor e solta o criminoso, ou todos serão alvos da criminalidade. O governo, insensível, faz política com a Segurança Pública tirando os dividendos com ações paliativas que não dão certo e se esconde quando o grito por tecnologia, carros com velocidade, motocicletas, videomonitoramento, tenha o tamanho necessário para dar as respostas imediatas. Escondem-se e faz política com a desgraça vivida pelas comunidades em todas as cidades do país.

A vergonha é do Governo Federal e Estadual que, buscando explicar o que não consegue, está fragilizada perante a sociedade. O crime vence, o cidadão tomba.

Chega de ser alvo da inconsequência e politicagem. Mude a Lei, dê armas e liberdade ao policial, acabe com esta timidez e pequenez tola e fraudulenta que apavora o bem e fortalece o mal. Chega desta impunidade. Chega de brincar com vidas, chega de ser vítima, chega desta bagunça. Chega! Chega! Chega!


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro