Close Menu

Busque por Palavra Chave

Editorial | Fake News nasceu para tolos

Por: LÊ NOTÍCIAS
16/04/2018 09:28 - Atualizado em 16/04/2018 09:30

As redes sociais estão cheias de falsas notícias que chegam todos os dias, às centenas, para quem não está preparado para entender seu papel nas eleições que chegam em outubro. Por que o chamado Fake News tem o papel de pegar tolos? Porque a sociedade, em sua maioria, é constituída de pessoas que não tem percepção do que é real do verdadeiro.

Só para se ter uma ideia, faz oito anos que Lula da Silva saiu do Palácio do Planalto e tem quem receba, e pior que isso, repasse aquela falsa notícia para frente. Tem uma que é fenomenal que diz que o ex-presidente, hoje preso, está reunindo todos os ministros porque a revista Veja vai estourar uma bomba com R$ 600 milhões do Lulinha etc, etc.

Por que o Fake News tem tanta força na sociedade? Porque é feita de pessoas sem instrução, que não tem poder de observação, que é dotada de grande falta de conhecimento e, por serem pobres em raciocínio, aceitam a notícia como verdadeira.

A questão é importante levantar porque, de fato, as notícias falsas terão grande papel nas eleições e, se bem elaborada, vai definir sim quem serão os vencedores do primeiro turno. Os presidentes dos TREs e do TSE não têm tido capacidade de aprisionar as notícias falsas e colocar as verdadeiras no lugar. A grande mídia é patética porque mente e distorce informações para conduzir o eleitor às falsas interpretações.

Não se sabe qual é a forma da informação real das eleições, mas é possível saber que as notícias mentirosas vão ganhar força nas redes sociais e vão sim buscar definir quem será o vencedor do processo eleitoral neste mundo porco de tolos e inteligentes.

É preciso que uma casta de falsos formadores de opiniões tenha superioridade aos milhares de tolos eleitores que, sem saber onde estão entrando, serão conduzidos a terem uma falsa informação e caírem no abatedouro da inocente escolha presidencial. Este tipo de aceno à tolice, somente é possível em um país de patetas onde prevalece a idiotice a ser explorada fatalmente nas urnas.

Estas eleições serão de falsas mentiras e o Brasil, principalmente o TSE, não tem capacidade de vencer um pleito baseado em verdades porque, o país, como se sabe, é falso e mentiroso. Não se pode tirar suco de laranja de uma jabuticabeira. País de tolos, resultados de tolos.


PELO EDITOR-CHEFE DO LÊ NOTÍCIAS, MARCOS SCHETTINI.


Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro