Close Menu

Busque por Palavra Chave

Pinho Moreira rompe com Colombo; Paulo Bauer é oficializado pré-candidato; Narcizo Parisotto no Duas Perguntas

Por: Marcos Schettini
19/04/2018 10:19 - Atualizado em 19/04/2018 10:28
Foto: Jeferson Baldo/Secom Foto: Jeferson Baldo/Secom

O que é corte administrativo?

Em tese, é um mecanismo utilizado pelo administrador, privado ou público, para entender seu desafio à frente de sua grande responsabilidade. Conheceu o tamanho do seu desafio de atravessar o deserto cheio de armadilhas que, antes apresentado como oásis, é sim de grandes tempestades. Fazer gestos de coragem e rompimento com seus enganadores é um caminho. Em outras palavras, ceifar o passado de enganos e semear o futuro. Agora, mais do que nunca, atrair parceiros eleitorais. Se o MDB é um partido que gosta de desafio e mostrar sua força, é o momento de provar isso. Eduardo Moreira e Mauro Mariani são os jogadores em época onde não existe mais LHS.


De Florianópolis (SC).

O Sr. pretende sair da vida pública?

Após cumprir de maneira digna oito mandatos, sendo dois de vereador e mais seis como deputado estadual, decidi não concorrer mais a deputado estadual ou federal. Não existe sucesso sem sucessor. Tenho trabalhado há tempo para este momento e sinto que é hora. Estou avaliando, todavia, pedido do partido para concorrer ao Senado, estou estudando com carinho e ouvindo amigos e lideranças. Nesta manhã estivemos reunidos com a Executiva Estadual tratando dos rumos para a eleição, da recepção e roteiro que o pré-candidato à Presidência da República, o economista Paulo Rabello de Castro, cumprirá em Santa Catarina. Chegada prevista para o dia 26, juntamente com Pr. Everaldo Pereira, presidente nacional do PSC, prestigiando na Câmara a honraria que receberei: Título de Cidadão Honorário de Joinville. Na sequência, após reuniões em Joinville, passarão pela capital e Itajaí, abordando o tema: “Conjuntura política e perspectivas para a recuperação econômica do Brasil”. Meu enfoque será o fortalecimento do PSC no Estado e a presidência da Igreja do Evangelho Quadrangular, para a qual fui reeleito para mais quatro anos. Estou abrindo mão de um mandato, mas seguirei servindo ao povo de Santa Catarina de uma forma mais dedicada ao meu ministério como pastor e presidente de uma grande igreja que está em acelerado crescimento, e bem assim, na condução de um partido que possui uma ideologia muito linda, adequada as atuais necessidades do nosso Estado e do nosso país.

Qual espaço que o PSC vai ter nestas eleições?

O atual momento é bastante delicado, há descrédito na classe política e nas instituições, a democracia está frágil. Sei que nesta hora o desafio das forças políticas, sobremaneira os partidos, é o resgate geral da credibilidade, o que só poderá ocorrer com o respeito irrestrito e fortalecimento das instituições: Ministério Público, Judiciário, Parlamento e Executivo. O PSC é um partido que levanta a bandeira da família e tem conduzido suas ações baseado na ética cristã, frontalmente contrária a corrupção e qualquer política que se volte contra a vida e dignidade da pessoa. Somos favoráveis a livre iniciativa e a diminuição do inchaço da máquina do Estado, que tem feito esvair-se os esforços e onerado a sociedade com uma carga insuportável de impostos. Nosso partido tem história, pessoas capacitadas e discurso coerente para enfrentar os desafios presentes. Pretendemos eleger um senador, um deputado federal e no mínimo dois deputados estaduais.


Voltou
Eduardo Moreira retornou ao estilo. Vai fazer uma grande cirurgia no corpo do governo para tirar a pele seca de gestão que tem sua cara, mas a silhueta do PSD. Assumiu-se e vai ceifar os excessos. Passou a noite afiando a navalha para degolar pessedistas que não saíram. Leia-se Júlio Garcia.

Gadanho
Ao ceifar vários cargos que servem para atrapalhar seu projeto, Eduardo Moreira vai tirar o inço com cara de Júlio Garcia, o TNT de Gelson Merisio que não conseguiu levar o PSD para a Tríplice. Pinho assumiu um porco espinho carregado embaixo do braço que, sorrindo, disfarçava.

Quebrado
Até Gelson Merisio afirmou que o Estado está moído. Eduardo Moreira vai apenas tirar o pano, revelando uma obesa estrutura que precisa cortar. O avalista Júlio Garcia, que tinha o compromisso de levar o PSD para o governo, falhou.

Boa
Com o bisturi em mãos, Pinho Moreira vai tirar o PSD de cena, mandando um recado para Colombo, o pai do paquiderme que entregou em fevereiro. A explicação para tanta antecipação, agora revelado, é o porco-espinho.

Ela
Ângela Albino deu plena atenção às movimentações das mães LGBTs no plenário da Assembleia. Movidas de coragem diante do preconceito de apoiarem os filhos que a motivam, colocou sua liderança para dar voz agora acatada.

Valendo
Os tucanos esquentam as asas hoje, na capital, ao declararem Paulo Bauer pré-candidato ao governo. Nada de novo, o gesto é um simbolismo impactante aos demais que, de fato, não estão preocupados. O sono perdido aí é de Geraldo Alckmin.

Muro
Não que a intenção de lançar o nome do PSDB ao governo não tenha importância, mas quem vai para o beco é o PSDB enquanto que, os demais concorrentes, ao contrário, saem dele. Agora lavam as mãos de qualquer compromisso com o presidenciável.

Livres
Os tucanos mandam um recado forte para os sonhos presidenciais de Geraldo Alckmin. Hoje o PSDB diz que o paulista é de propriedade eleitoral. Tirando o compromisso dos demais que tinham nele a simpatia. Um deles, Arthur Merisio, já fez isso.

Ilusão

Enquanto a gritaria criada pela navalha de Eduardo Moreira vai ganhando todo o Estado, com choradeiras em tempo de crise, os tucanos lançam dúvidas. Seria o movimento de rotação que o PSDB imagina ter efeito de translação.

Acordou
Eduardo Moreira cansou de passar as mãos nas costas de Raimundo Colombo e começou a marcar, com o mesmo ferro em brasa, o pessedista. O ex entregou ao atual uma ilusão. Um bebê que, agora, revelou-se um porco-espinho.

Divórcio
Colombo nunca teve compromisso com os ulyssistas. O que era para fazer em fevereiro, passando o bastão, estava cheio de armadilha administrativa. Eduardo, aceitou, em sua boa fé, imaginando um gesto de respeito que agora é revelado.

Verbo
O tamanho do compromisso do governador com SC e o MDB está sendo, aos poucos, assimilado pela bancada. Lá, onde ele e Mauro Mariani são os nomes, há o entendimento de que, depois deste engano de Colombo, vencer o pleito é questão moral.



Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Governo do Estado - Juntos somos mais fortes
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro