Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

Artigo | O nó da inclusão

Por: LÊ NOTÍCIAS
27/04/2018 14:35 - Atualizado em 27/04/2018 15:33
Foto: Cristiano Prim Foto: Cristiano Prim

Por Paulo Soares*

Inclusão. Eis um dos grandes temas no Brasil atual. Embora se perceba pouca empatia em comentários sobre o assunto nas redes sociais, é possível verificar diferentes

compartilhamentos com teor positivo ou que proporcionam acesso a bens sociais e culturais para pessoas com ou sem deficiência. Se por um lado há pessoas propagando intolerância, há também as empenhadas na valorização das diferenças e no fim de preconceitos de toda ordem. Fato é que as redes sociais têm potencial para gerar inclusão, tanto no uso das ferramentas capazes de atender cegos, por exemplo, ou na produção de conteúdo que amplia sensibilidades e conhecimento.

Mas, em outro terreno, no cenário artístico, qual seria o desafio de produzir arte com e a favor da inclusão? A Companhia de Dança Lápis de Seda, que existe em Florianópolis desde 2014, convive com essa interrogação, pois é constituída por pessoas sem e com deficiência intelectual e\ou motora; de distintas formações e contextos sociais, e questiona-se constantemente sobre a função social que o grupo pode ocupar, pensando amplamente sobre o tema. Mais do que inserir pessoas com deficiência no mercado de trabalho artístico, pensamos nas possibilidades da inclusão, na criação, na cena e na produção cultural por inteiro. O fazer artístico não se limita ao palco.

Orgânico, caminha em direção ao coletivo, cria e fortalece uma rede de pessoas que lutam pelos mesmos ideais. Parcerias no Brasil e em Florianópolis são firmadas. Buscam-se grupos de minorias para constituir a plateia e experienciar juntos oficinas e falas. Considera-se o papel do artista neste momento político e o que é possível fazer estancar preconceitos. O nosso sonho é viver numa sociedade sem exclusão, quando não precisaremos mais atuar com políticas de inclusão e buscar definições limítrofes. Inclusão é sim ainda necessária, entretanto, incluir de fato é tratar todos da mesma maneira, respeitando individualidades, a fim de que cada um se sinta parte de um todo.

* Ator e bailarino


ARTIGO PUBLICADO NO JORNAL NOTÍCIAS DO DIA

Alesc - Outubro - Mobile
Fiesc Outubro - Mobile
Zagonel - Outubro - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro