Close Menu

Busque por Palavra Chave

Rumo e direção

Por: Marcos Schettini
22/11/2016 09:12 - Atualizado em 22/11/2016 09:13
(Foto: Arquivo/LÊ) (Foto: Arquivo/LÊ)

Visão e futuro, este é o projeto vivido pela turma que, procurando o deputado Marcos Vieira, vai apresentar um leque de trabalho pensando, inclusive, no processo eleitoral de 2018 onde, sabe-se, o presidente do partido está buscando espaço na majoritária. Pouco preocupado com divisão interna, o parlamentar tucano que um PSDB forte e articulado para estar preparado ao projeto que pretende alcançar. O traçado deixado na última eleição em Xaxim, apresentou o já conhecido e, sem arrojo e capacidade de articulação, não conseguiu eleger ninguém. Pior que isso, é o resultado alcançado pelo presidente do partido que, caindo na real, viu o tamanho de sua liderança vir à tona. Se não fosse o PP, pela garra demonstrada, ficava ainda mais distante. Da terceira posição para a quarta.

Radicalização

Avelino Menegolla mexe, e forte, em direção às mudanças que, desde já, está desenhando para entrar em 2017 para começar ao seu jeito, o processo administrativo. Entre muitas, a redução de cargos comissionados, o que mais desagrada.

Mudança

Dos 80 cargos comissionados que teria, em tese, direito as indicações, vai assinar apenas 15 e, desde já, começa então a choradeira porque, com alguns ocupando hoje, neste momento, quem está, vai cair. E, o gesto amargo, azeda as relações.

Diferenciação

Diante de ter um leque de partidos que lhe apoiavam na campanha, Adenilso Biasus, ao contrário, teria que contrair mais espaços para garantir o agrado recebido. Menegolla tem que, com o que tem, secar o que pode. Secar mesmo.

Eles

O PP de Hélio Winckler vai ter uma cadeira e, provavelmente, na área social. PDT fica com Indústria e Comércio e PSB, vai estar junto com espaço menor. O PROS, fica para a próxima. Enxuto, não teria lugar para todos os grupos.

Retorno

Lírio Dagort voltou de seu descanso e, mesmo dando um tempo em favor de si e da família, foi às Secretarias para passar o pirex. Teve aberturas e construções de intenções com várias frentes. Ao lado de Adriano Bortolanza, retoma as rédeas.

Recado

Sem dar importâncias às manifestações dos derrotados, principalmente do PP, a dupla Lírio e Adriano vai à caça e invade a Assembleia e Brasília buscando os recursos que, pelo governo que pretendem realizar, fazer o que se propuseram.

Carimbado

O Satélite havia afirmado que o PSDB que rachou e foi com Lírio Dagort na sangria das urnas, vai viver novos tempos e, pelas conversações, construir um rumo político. Marcos Vieira será, inclusive, convidado para produção de intenções.

Começou

Sábado o empresário Pekka Momolli vai atrair amigos e políticos para um final de semana em sua propriedade e, pelos passos dados, produzir o efeito que deverá se desenhar no ano que vem. Dar ao PSDB um plano de poder inteligente.

Deputados

Enquanto Adenilso Biasus vai afinando o discurso a estadual, eleição que, necessariamente, precisa disputar, vai correr a região em busca de espaço nesta direção. No meio do caminho, vai encontrar Amarildo Paglia, de Vargeão, na mesma busca.

Futuro

Exatamente por sair vencedor, Callfass vai, agora, contar com a liderança de Jorginho Mello, via Mauricio Eskudlark para ganhar a atenção de Marcos Vieira. Com os pés no governo Menegolla seria, politicamente, o elo do PSDB. Vai disputar a presidência do partido.

Canal

Sem a visão do passado, mas olhando para o futuro, Callfass percebe-se capaz de dirigir o PSDB e fazer, novamente, o time voltar às raízes, construindo um encaminhamento de unidade que, na eleição passada, fragilizou-se. E vai atrás.

Estrangulando

Mauro De Nadal contou com a Amai inteira na eleição passada que, sem nome na disputa pelo PMDB, comeu sozinho os votos. Agora, com Adenilso e Amarildo no páreo, o deputado vai viver a agonia de manter a votação de 2014. Inclusive em Xaxim.

Também

Embora João De Nadal esteja na Eletrosul, espaço que o partido e a força do pai, Herneus, garantiram para sossegar os ânimos, o rapaz volta com tudo para a disputa que, sonho materno, deverá se confirmar postumamente.




Alesc - Julho
Fiesc Setembro
Zagonel
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro