Close Menu

Busque por Palavra Chave

Placar no PSD é pró Merisio; Pedro Uczai dá 700% de aumento a padre; Pinho Moreira desafia MDB; Ulisses Gabriel no Duas Perguntas

Por: Marcos Schettini
08/05/2018 07:55

Eduardo Pinho Moreira merece a disputa

Embora Mauro Mariani tenha, em si, as condições legais e de direito de ser, inclusive pelo atual governador, indicado à disputa como candidato do MDB, o partido sabe que, se não for ele, com sangue fervendo e vontade política, não há outro com maior fôlego para a missão de enfrentar, seja quem for, para o grito das urnas. Seu candidato dos sonhos é Esperidião Amin. Mas, pelas investidas do presidente pessedista, traiu-se no desejo e, mais do que nunca, o candidato preferido do ulyssista é o líder do PSD de SC. E tem motivos para isso. Já foi chamado de preguiçoso, caroneiro e falastrão. Se o inquilino d’Agronômica não pode, pelas condições que dispõe e os ataques que recebe, ser ele o pugilista escolhido na Convenção do MDB, desembarque das conjecturas. A naturalidade do momento é aquela de metralhar qualquer iniciativa tomada. O ICMS, antes uma sigla de imposto, converteu-se em Investida Caprichada Merisio Sorrindo. Se isso não é suficiente, o que é?


De Florianópolis (SC).

Qual é a situação da PC e a segurança em SC?

Entre os anos de 2011 a 2017 a Polícia Civil teve investimentos em equipamentos, armas, veículos, aumento salarial, em especial entre 2013 a 2015, bem como teve um aumento do efetivo considerável, sendo que, por exemplo, nos anos de 2016 e 2017 foram nomeados 757 novos policiais civis, um marco histórico. E isso, nos primeiros meses de 2018, colaborou na diminuição da criminalidade, pois na segurança não há fórmula mágica; há, sim, investimentos em efetivo, na valorização dos policiais, na melhoria das estruturas e na gestão administração eficiente. Agora precisamos de novos investimentos em equipamentos e tecnologias, de recomposição salarial, da autorização da promoção, pois a efetivada neste ano se referiu a 2017, bem como é importante que não se deixe faltar combustível nas viaturas, pois atualmente está faltando combustível e não se chega final do mês, sendo que sem viaturas, não tem polícia na rua, investigando.

A reunião com policiais civis e Gelson Merisio hoje significa qual passo em favor do cidadão?

O Gelson Merisio tem uma preocupação clara, que é segurança pública de Santa Catarina. Ele sabe o que está falando quando discute o tema, pois há muito tempo está ouvindo quem está trabalhando na ponta, não apenas os chefes das instituições. Em muitos momentos, titular do cargo comissionado omite do chefe do executivo o verdadeiro sentimento das bases e os reais problemas, pois não quer desagradar. O Gelson vai além, não ouve apenas uma pessoa, ouve todas e instiga os interlocutores a falarem. Só assim as ideias estão surgindo. Só de baixo para cima e de cima para baixo faremos uma segurança de qualidade, sem papo furado, sem pseudos prioridades. Hoje, por exemplo, soube que o governador não irá nomear os aprovados no concurso, que é uma das bandeiras da Adepol. Aí me pergunto? Segurança não é prioridade? Se é prioridade, tem que fazer.


Rasteira

Ao ser levado a continuar no comando do PSD até o ano que vem, Gelson Merisio dá mais um golpe nas iniciativas de Júlio Garcia que, desejoso que fosse Raimundo Colombo o próximo presidente, novamente viu-se derrotado.

Fato

A queda de braço entre Gelson Merisio e Júlio Garcia dentro do PSD cansou a militância. Os quadros estão às narinas deste confronto que afirmam não ter dado nenhum lucro significativo aos interesses de outubro. Ao contrário.

Impressionante

As investidas de Júlio Garcia para inviabilizar a candidatura do parceiro de partido, chegou ao topo de um confronto que, até o momento, desfavorece, e muito, o ex-conselheiro. O pré-candidato a estadual não ganhou uma só rodada.

Desconhecido

Hábil em tudo o que fez, falando manso e dando a melhor orientação, Júlio Garcia tem tido posições equivocadas e estranhas, que os quadros não entendem. Lembra-se aquela de que o PSD não vai ter candidato ao governo. Agindo contra.

Placar

João Rodrigues foi a 1ª derrota de Júlio Garcia, Eduardo Pinho Moreira com o PSD a 2ª e, a última, Merisio consolida o comando do partido até o ano que vem. Se estes não são números suficientes para demonstrar equívocos, quais são?

Minando

A decisão do ex-prefeito de Balneário Arroio Silva em disputar a Alesc pelo PSD, é um perigo para a candidatura de Júlio Garcia no Sul. Evandro Scaini tira 15 mil votos do ex-conselheiro, colocando dúvida em sua chegada à Assembleia.

Pior

Evandro Scaini é quadro ligado a João Rodrigues que, indignado, culpa Júlio Garcia como responsável pela situação do deputado federal, hoje na Papuda. Com a entrada de Ulisses Gabriel no jogo, o prejudicado a federal é Ricardo Guidi.

Então

Caso Fabiana Rodrigues, de fato, assumir sua candidatura a federal, Ricardo Guidi é imediatamente o atingido. A esposa do deputado João teria apoio pleno na região Sul para dobradinha com vários estaduais, inclusive do PSD. Ou seja.

Interessante

O padre Domingos Luiz da Costa Curta, lotado no gabinete do deputado Pedro Uczai, pulou de um salário de R$ 2 mil em longos 37 meses e, no estalar dos dedos, em janeiro de 2018, subiu para R$ 14 mil mensais. Está no Portal da Transparência.

Como

O crescimento salarial do padre Costa Curta é questionável porque não há uma explicação possível para um aumento de 700% em um salário de um mês para outro. A oração dele é forte. O sacerdote está mais para costa quente.

Impressão

João Paulo Kleinübing passou boa imagem pelo Oeste. Dentro do Democratas as bases do partido, inclusive o setor empresarial, reconhece que o deputado federal mostrou-se maduro para um enfrentamento a governador. Mas vai?

Negociação

O esforço de todos os candidatos a governador é de expor suas ideias e, amanhã, quando chegarem as convenções, sentar para desenhar. Kleinübing é um quadro que procura o espaço dentro da majoritária. Nestas condições.



Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro