Close Menu

Busque por Palavra Chave

AQUI TEM GOVERNO

Documentos do processo de beatificação de Frei Bruno chegam ao Vaticano

Por: LÊ NOTÍCIAS
08/05/2018 14:44 - Atualizado em 09/05/2018 13:56
Documentos chegaram ao Vaticano nesta segunda-feira (07) - Foto: Portal dos Franciscanos Documentos chegaram ao Vaticano nesta segunda-feira (07) - Foto: Portal dos Franciscanos

A conclusão do processo diocesano da Causa pela Beatificação de Frei Bruno Linden foi encerrada durante a última sessão solene do Tribunal Eclesiástico, no dia 25 de fevereiro de 2018, data da 28ª Caminhada Penitencial de Frei Bruno, em Joaçaba. Durante quase cinco anos, o Tribunal analisou, documentou e julgou se o frade franciscano da Província da Imaculada Conceição demonstrou, em grau heroico, as virtudes da fé, esperança e caridade.

As caixas, lacradas na última edição da Caminhada Penitencial, foram levadas para a Congregação da Causa dos Santos, no Vaticano, pelo vice-postulador Frei Estêvão Ottenbreit. Segundo ele, as caixas foram entregues no dia 16 de abril e nesta segunda-feira (07), após a oração inicial e pedindo a intercessão do servo de Deus, Frei Bruno Linden, o Oficial abriu as caixas e a pasta. “A primeira vista o Oficial constatou que estava tudo em ordem”, explicou o frade. Marcaram presença, neste momento histórico, o postulador da Ordem dos Frades Menores, Frei Gianni Califano; Frei Gilberto da Silva, frade da Província da Imaculada que estuda na Pontifícia Universidade Antonianum de Roma e também Frei Estêvão Ottenbreit, Vice-postulador.

No Vaticano começa uma nova fase do processo para a Congregação da Causa dos Santos. A Congregação vai analisar os documentos entregues e examinar se Frei Bruno terá o decreto de reconhecimento das virtudes heroicas e ganhará o novo título de Venerável.

“Agora será encadernado em diversos volumes. Depois um canonista vai ver se formalmente tudo está em ordem. O decreto da Congregação dirá que o processo foi aceito e assim poderá seguir para as outras etapas”, afirmou Frei Estêvão. “Isto pode demorar aproximadamente uns 12 meses”, completou.

“Neste meio tempo já começaremos a traduzir os depoimentos e a pensar na “positio”, que é um resumo do processo. Ao mesmo tempo, temos que rezar e pedir um milagre pela intercessão de Frei Bruno”, informou o vice-postulador.

O bispo da Diocese de Joaçaba, Dom Frei Mário Marquez, avaliou o início dos trabalhos no Vaticano e disse: “Nossa expectativa é muito grande e, por esse motivo, pedimos para que as pessoas continuem rezando e pedindo as intercessões ao nosso Servo de Deus Frei Bruno Linden”, concluiu.


Com informações de franciscanos.org


Outras Notícias
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro