Close Menu

Busque por Palavra Chave

Bauer joga força no Oeste; PDT se anima com Ciro em SC; Ninfo König deve ser vice de Merisio; MDB em dilema; Napoleão Bernardes no Duas Perguntas

Por: Marcos Schettini
20/05/2018 19:42

Eduardo Moreira ou Mauro Mariani?

O dilema do MDB, a partir de agora, é definir qual o nome que o partido vai defender para disputa ao governo. De um lado, o atual governador com gás e determinado a mergulhar na reeleição, quer enfrentar o pleito com o PSDB ao seu lado. O deputado Mauro Mariani, aguerrido e quadro de valentia, tem comando das bases e Pinho Moreira sabe disso. A conversa que ambos vão ter longe dos olhos de decisões partidárias, é pessoal. Indo para a disputa interna, cria um racha desnecessário que os deputados federais e estaduais abominam. Quem deve decidir o nome são os dois a sós. Saem de lá com as mãos levantadas e mostrando a unidade do maior partido de Santa Catarina.


Qual é o destino do PSDB para fortalecer o nome de Geraldo Alckmin em SC?

O PSDB hoje está presente nos 295 municípios de SC, nossa militância está motivada e todos têm trabalhado muito pelas pré-candidaturas tucanas no Estado e no Brasil. Com nosso retrospecto de excelentes votações para os presidenciáveis tucanos e, sobretudo, com o grande currículo e experiência de Geraldo Alckmin, entendemos possuir as condições de apresentar os projetos e ações necessários para a construção de um novo modelo de desenvolvimento para o Brasil, buscando assim junto a sociedade mais uma grande votação para nosso candidato a presidente.

A renovação e juventude expressa em sua liderança é um bom argumento para buscar o Senado?

Certamente, tendo em vista o anseio por mudança expressado pela população nos eventos e debates que temos participado em entidades da sociedade civil organizada, por todo o Estado. Porém, acredito que podemos apresentar à Santa Catarina uma opção diferenciada que alie além da juventude na idade, a inovação nas práticas públicas com o vigor necessário para exercer um mandato democrático e realizador. Poder ser pré-candidato ao Senado nesta conjuntura aumenta minha responsabilidade em apresentar as boas ações que já realizamos na Prefeitura de Blumenau, e também de defender novas propostas que revigorem a democracia e valorizem a política, único instrumento capaz de transformar esperança em realidade.


Trabalhando

Senador Paulo Bauer, demonstrando sua inocência nas acusações da Hypermarcas, ignora os ataques e vai para estrada. Conversou com tucanos do Oeste onde deixou quase R$ 2 milhões em emendas aos prefeitos. Está garimpando.

Postura

O tucano percorreu os municípios ao lado do presidente do PSDB Marcos Vieira. Bauer saiu satisfeito pelo grito de seu nome ao governo, mostrando-se confiante no objetivo. Embora o desgaste, vai manter a pré-candidatura porque não corre de briga.

Paralelo

Ex-prefeito de Blumenau correu toda a região Sul produzindo seu nome ao Senado. Napoleão Bernardes aposta na busca da renovação, forte tema no eleitorado, para que seja o combustível de sua ida a Brasília. Animadíssimo.

Operante

Ulisses Gabriel está produzindo grande debate em favor de seu nome no tema sobre armas que, vivo, é o desejo da maioria absoluta do cidadão. Delegado, o pessedista é quadro de aposta da Adepol como seu porta-voz na Alesc.

Sombra

Ex-presidente da Adepol tem compromisso com o ministro Alexandre de Moraes nesta segunda-feira em Brasília e passa toda a semana dando palestras em vários municípios. Do Sul, está no mesmo traçado de Júlio Garcia.

Brizolismo

Deputado Rodrigo Minotto caiu na graça de Ciro Gomes. O presidenciável, para agendar suas movimentações em SC, fala com Manoel Dias e com o parlamentar. Está sendo agendada nova visita do pedetista no Estado com passagem por Chapecó.

Corrida

Está entre Rodrigo Bornholdt, Paulinha da Silva e Jatir Balbinot o raciocínio de uma segunda cadeira do PDT na Alesc. As movimentações que cada um tem feito deixa o partido animado para eleger duas representações. Três nomes fortes.

Insistência

Acabada as sabatinas, Gelson Merisio volta-se às conversações com os partidos. No final de semana teve conversas com Narcizo Parisotto. O missionário evangélico, voz forte neste meio, quer o espaço para o Senado.

Vácuo

Cesar Souza Júnior corre o Estado para ir a Brasília em outubro e, em todas as regiões, tem construído relações. Em Chapecó, acompanhando as sabatinas do presidente Merisio, entrou no espaço que João Rodrigues dominava.

Tempos

João Rodrigues, vendo-se distante dos debates a qual sempre participou, aguarda que os embargos declaratórios afirmem a prescrição e entre na pauta de avaliação. Enquanto isso, quem diria, ele e Zé Dirceu dividem o mesmo espaço.

Defensoria

Ralf Zimmer Júnior, ex-Defensor Público-Geral, deixou boa impressão quando passou pelo órgão e, correndo o Estado, está buscando seu espaço para deputado estadual pelo PSDB. Vai investir em grandes diálogos com advogados de SC.

Ele

Se depender de Gelson Merisio, o vereador de Joinville, Ninfo König, estará presente na composição da chapa, como vice, que ele quer liderar. Seria um quadro forte, do Norte, com respeito e nome junto ao empresariado para firmar sua entrada no setor.



Alesc - Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro