Close Menu

Busque por Palavra Chave

Papo Justo | As redes sociais, a internet e a corrupção

Por: Diego Barbiero
23/05/2018 10:37

A corrupção sempre existiu, só que a mídia não mostrava. O partido da ex-Presidente inventou a corrução. O ex-presidente anterior era corrupto, só que ninguém investigava. Nunca, na história desse país, se roubou tanto...

Quantas vezes não ouvimos afirmações categóricas como essas?

A corrupção (substantivo forte que define, em linhas gerais, a ação de tratar a coisa pública como se sua fosse, quer dela se usando, quer dela se apropriando) acompanha a humanidade há longa data. Vários filósofos e doutrinadores, desde o início das civilizações, debatem sobre as formas eficientes de governança – e, na mesma linha, os métodos para evitar o abuso do poder.

Diferentemente de tudo o que se viu ao longo dos séculos, a corrupção passou, a partir do século XXI (anos 2000 em diante) a enfrentar um inimigo antes dela desconhecido: a transparência. Afinal, quanto mais transparente a administração pública, mais facilitado fica o acompanhamento dos atos públicos e, consequentemente, mais dificultosas as ações com desvio de finalidade.

John Bertot, Professor na Universidade de Maryland (EUA), em artigo escrito no ano de 2010, indicou que as abordagens da corrupção (ou a luta contra a corrupção) devem passar por três estágios: uma reforma administrativa (e isso já teve início no Brasil, sobretudo com as leis de transparência e de acesso à informação), um endurecimento das leis que tratam o tema (e por aqui temos a Lei de Improbidade Administrativa e, mais recentemente, a Lei da Ficha Limpa) e, principalmente, uma MUDANÇA SOCIAL: a sociedade em si deve evoluir para entender que a corrupção, embora traga benefícios imediatos para alguns, resulta em consequências nefastas para todos.

A transparência está aí. A informação, também. Basta acessar. Perguntar. Investigar. Questionar. Tudo isso sob a concepção prévia de que a corrupção é um mal.

O cidadão fiscal é, afinal, o mais apurado instrumento de moralidade administrativa.


Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro