Close Menu

Busque por Palavra Chave

Polícia Civil indicia homem que abusou de netas por estupro qualificado e estupro de vulnerável

Por: LÊ NOTÍCIAS
25/05/2018 18:05 - Atualizado em 27/05/2018 10:41
Investigação sobre o crime foi concluída nesta sexta-feira (25), pela Polícia Civil de Chapecó. (Foto: Divulgação/LÊ) Investigação sobre o crime foi concluída nesta sexta-feira (25), pela Polícia Civil de Chapecó. (Foto: Divulgação/LÊ)

A Polícia Civil, por meio da DPCAMI de Chapecó, concluiu nesta sexta-feira (25), a investigação que apurava abusos praticados pelo avô, em face das netas. Depois de analisado os depoimentos e laudo psicológico das vítimas, a polícia indiciou A.S.C. por estupro qualificado e estupro de vulnerável, praticados na forma consumada e tentada em face de três de suas netas.

Com as alterações realizadas no Código Penal no ano de 2009, as penas para esses crimes foram majoradas e basta que o autor toque ou acaricie as partes íntimas de uma criança para que, a depender do caso, seja considerado consumado o crime de estupro de vulnerável, hoje com penas que variam de 8 a 15 anos de reclusão.

O estupro é considerado crime hediondo e de difícil apuração, vez que praticado às escondidas e evitando testemunhas, dificultando os trabalhos do Judiciário. A solução do caso depende da atuação conjunta da equipe que compõe a DPCAMI, e se apoia em análises de profissionais de diversas áreas como assistentes sociais e psicólogos, além das perícias realizadas pelo IGP.

O caso agora ficará sob análise do Ministério Público, que irá decidir acerca do oferecimento da denúncia contra A.S.C., para que seja julgado pelo Poder Judiciário.


Outras Notícias
Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro