Close Menu

Busque por Palavra Chave

Polícia Civil indicia homem que abusou de netas por estupro qualificado e estupro de vulnerável

Por: LÊ NOTÍCIAS
25/05/2018 18:05 - Atualizado em 27/05/2018 10:41
Investigação sobre o crime foi concluída nesta sexta-feira (25), pela Polícia Civil de Chapecó. (Foto: Divulgação/LÊ) Investigação sobre o crime foi concluída nesta sexta-feira (25), pela Polícia Civil de Chapecó. (Foto: Divulgação/LÊ)

A Polícia Civil, por meio da DPCAMI de Chapecó, concluiu nesta sexta-feira (25), a investigação que apurava abusos praticados pelo avô, em face das netas. Depois de analisado os depoimentos e laudo psicológico das vítimas, a polícia indiciou A.S.C. por estupro qualificado e estupro de vulnerável, praticados na forma consumada e tentada em face de três de suas netas.

Com as alterações realizadas no Código Penal no ano de 2009, as penas para esses crimes foram majoradas e basta que o autor toque ou acaricie as partes íntimas de uma criança para que, a depender do caso, seja considerado consumado o crime de estupro de vulnerável, hoje com penas que variam de 8 a 15 anos de reclusão.

O estupro é considerado crime hediondo e de difícil apuração, vez que praticado às escondidas e evitando testemunhas, dificultando os trabalhos do Judiciário. A solução do caso depende da atuação conjunta da equipe que compõe a DPCAMI, e se apoia em análises de profissionais de diversas áreas como assistentes sociais e psicólogos, além das perícias realizadas pelo IGP.

O caso agora ficará sob análise do Ministério Público, que irá decidir acerca do oferecimento da denúncia contra A.S.C., para que seja julgado pelo Poder Judiciário.


Outras Notícias
Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro