Close Menu

Busque por Palavra Chave

Voz do Oeste e 2018

Por: Marcos Schettini
25/11/2016 10:57 - Atualizado em 25/11/2016 11:04
(Foto: Divulgação/LÊ) (Foto: Divulgação/LÊ)

O resultado que a Chapecoense tem alcançado no campo pelo mundo, tem tudo para produzir um efeito positivo no traçado eleitoral de 2018. Qual é a estratégia? Não é somente vencer na rede, mas nas urnas que, para manter a aceleração do time, precisa ter o parceiro ideal. Foi a iniciativa política que colocou o time para alcançar os melhores resultados? Toda cabeça inteligente assim observa. JR por um lado e a força de Gelson Merisio de outro, capitalizando o resultado investido em favor do clube, isso em conjunto, o alcance de 2018 fica mais próximo. Do mesmo modo, em tempos de altíssimas conquistas, o time deveria, casado com a intenção dos empresários, 100% no Conselho do Clube, fazer a faixa A Vez do Oeste e colocar no estádio, no meio da torcida. Se este não é um lance inteligente para ganhar o olhar estadual, qual seria, então, o melhor momento?


Impressionante

A Chapecoense une todos ao seu redor. No estádio, quarta-feira, a presença de tudo e todos que, ao longo do dia, pela manhã e tarde, corriam em busca de ingressos e queriam estar ao lado do time do coração. Sem exceção.

Geral

Todos os partidos com o mesmo coração verde, estavam presentes no estádio que, já nas filas durante a semana, antecipavam a compra do ingresso para ver de perto a consagração de um time que foi acreditado em 1973.

Eles

Não é possível esquecer Lotário Immich e, ao lado deles, Heitor Pasqualoto, Avelino Biondo, Moacir Fredo, Arthur Badalotti, Gentil Galli e Plínio Arlindo De Nês, líderes comunitários e empresariais, inclusive político, que deram seu apoio incondicional ao clube.

Lembrança

Altair De Marco, secretário de governo de Casildo Maldaner, irmão do ex-prefeito cassado, Sadi De Marco, sempre lembrava que seu pai, o deputado federal Ernesto De Marco, foi o primeiro a conceder o uniforme do time que hoje encanta o Brasil.

Incansável

Plínio Davi De Nês, provavelmente com o coração em sintonia, vive a emoção do pai, Velho Plínio, como carinhosa e respeitosamente era chamado, pela presença da Chapecoense dominando o Brasil e levando o nome do município e que fora prefeito.

Empreendedor

O empresário apostara forte no Vôlei, no Automobilismo, Futebol e Tênis, modalidade em que, todas elas, tinha a marca da Chapecó, empresa que, pelo que mesmo fala, leva o nome da cidade que tanto amou e ama. Fez o que pode para honrar a cidade.

Diferença

Uma empresa voltada às manifestações comunitárias, o Frigorífico Chapecó sempre esteve à frente de tudo e todos para, estendendo a atenção necessária, levar o nome de Chapecó para mundo. E foi assim que, com estas iniciativas, o Furacão brilha no mundo.

Também

Igualmente como Plínio Arlindo De Nes e Plínio Davi, Milton Sander teve, em seu tempo, dedicação à construção do estádio que é palco de grandes eventos esportivos como o ocorrido quarta-feira com casa cheia e festa estadual.

Cobertura

A manifestação na quarta-feira, com a presença da mídia internacional dando detalhes do que ocorrera no confronto em campo, brilha maravilhosamente em favor de João Rodrigues que, prefeito, mexeu forte em favor do time.

Ele

Embora batendo à porta do governo estadual e federal, João Rodrigues é o grande ícone da torcida que reconhece nele, isoladamente, o primeiro mandamento da aposta quando, quebrado, o clube amargava o terror e ranger de dentes.

Capitalizando

No programa de sábado passado, a mobilização para proteger sua liderança e trabalho na RIC Record em Chapecó, mostra a reciprocidade que o parlamentar tem no meio da torcida que, sabendo do ataque que sofreria, foi defende-lo.

Resultado

Não é somente o placar que eleva a municipalidade aos olhos do estado, do Brasil e do mundo, mas a chegada que o time, pelas apostas feitas, colhe os resultados agora. Nisto, nem todos podem se firmar pai da beleza embora, agora, é uma legião.




Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro