Close Menu

Busque por Palavra Chave

Direito em Foco | Indignação seletiva

Por: Gustavo de Miranda
27/06/2018 10:44

Não gosto de ter que dizer isso e gostaria que fosse diferente, mas o brasileiro é um povo desgraçado, merecedor das colocações vergonhosas nos rankings mundiais de educação e desenvolvimento em qualquer sentido.

O brasileiro é dono de uma indignação seletiva que dá dó, como faz prova, além de uma imensidão de outros exemplos, o caso dos torcedores lá na Rússia que fizeram o vídeo achincalhando uma moça com frases ofensivas.

Foi ofensivo sim, não venha com falso moralismo você que diz que foi só uma brincadeira, a conhecida zoeira BR que se alastrou na internet coiceou para longe o limite da burrice e tem muita gente comendo a alfafa nesse espaço, crente que dar coices e ornear é divertido, pois foi exagerado sim e passou dos limites.

Não existe um tipo penal, um crime, propriamente dito, prescrito para a atitude dos caras lá do vídeo, mas há outras questões: as sanções contra o dano e a exposição vexatória, que certamente devem ser aplicadas tanto judicial como extrajudicialmente como forma de resposta da Lei ao comportamento lesivo contra a coletividade em qualquer nível.

Do mesmo modo, quem destilou todas as reprovações tem que perceber se está sendo coerente, tem que observar se não é partidário de outras manifestações “culturais” ou “artísticas” que não fazem muito diferente do que os torcedores lá, em alguns casos, são de um mal gosto e burrice ainda piores, pois, por mais impressionante que seja, isso tem defensores radicais.

Não adianta nada latir para os caras que deram adjetivos lascivos às intimidades da moça e no fim de semana cantar em bom tom e dançar de quina o “senta novinha na pica”. Vai lá ver o que dizem as músicas mais tocadas nas paradas de sucesso no país, é só sacanagem, cabular aula, dar migué no chefe, no professor, no(a) namorado(a), ficar borracho e fazer fiasco, enfim, e as pessoas adoram essa palhaçada. Pior: tem gente que chama isso de cultura, acha bonito e defende.

Esses sãos os piores, na verdade, são esses que, de certa forma, avalizam a atitude dos caras lá na Rússia, e são justamente esses que não podem abrir a boca pra dar opinião nesse caso, são coautores da chacota justamente por contribuir com a relativização da cultura, permitir que qualquer imbecilidade seja tratada como tal.

O que eu quero dizer é que foi criada toda uma celeuma moralista ao redor de uma atitude tosca e reprovável, entretanto, essa indignação não tem a mesma intensidade pra outras atitudes tão toscas quanto essa. Tem que ser muito cínico pra negar isso.


Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro