Lê Notícias - Variedades - Alunos do Santa Terezinha celebram Dia da Consciência Negra
Close Menu

Busque por Palavra Chave

MOSTRA CULTURAL

Alunos do Santa Terezinha celebram Dia da Consciência Negra

Roda de capoeira mobilizou jovens ontem
Por: Felipe Giachini
25/11/2016 17:17 - Atualizado em 28/11/2016 16:05
Atividades serviram também para finalizar a oficina (Fotos: Janquieli Ceruti/LÊ) Atividades serviram também para finalizar a oficina (Fotos: Janquieli Ceruti/LÊ)

No último domingo (20) foi lembrado no Brasil o Dia da Consciência Negra e para celebrar a data, diversas atividades aconteceram durante a semana no País. Para aderir ao movimento, uma Mostra Cultural Afro-brasileira foi promovida na Escola Básica Municipal Santa Terezinha, em Xaxim, ontem (24). As atividades serviram para encerrar a oficina de capoeira que, desde setembro, movimentou alunos do 2º ao 5º ano da instituição. A oficina faz parte do programa Fortalecendo Laços com a Minha Escola, onde diversas atividades são feitas, é o projeto Linguagens, Saberes e Fazeres.

Durante toda o dia, para unir a finalização do projeto e marcar a data comemorativa, os alunos ajudaram a montar o espaço com imagens que remetem à capoeira, às danças que as escravas criaram, além de estudarem alimentos típicos, outras danças características, pinturas do século XIX, assistiram vídeos e tiveram a oportunidade de jogar capoeira.

O projeto da capoeira é desenvolvido pelo professor Marcelo Pertussatti, que também ensina os jovens da Escola de Arte e Cultura Comunidade Brasil, nas sextas-feiras, de manhã com os alunos da tarde e à tarde com os alunos da manhã. “Retomamos a prática da capoeira para ampliar o conhecimento das crianças sobre esse cultura, oferecendo atividades culturais e esportivas”, destacou o educador, que reconhece o apoio dos diretores Dulcimar Dalla Rosa e Rodrigo Lemes, que contribuíram com o sucesso da proposta.

A Mostra reuniu os alunos de todas as turmas, desde a Educação Infantil ao 9º ano. Segundo Marcelo, o resultado da atividade foi gratificante, tanto que vários alunos se interessaram e planejam iniciar com as aulas da oficina no ano que vem. “Eles se interessaram nem tanto com os movimentos da capoeira. Me impressionei com a vontade deles de aprender os instrumentos, a música característica: o berimbau, o pandeiro, o atabaque, as próprias cantigas que são da época dos escravos. Foi um complemento educacional muito importante para eles, pois envolve Educação Física, Artes, História e Geografia”.

O professor ainda enfatizou os demais projetos que acontecem na escola, como o de Literatura e Contação de Histórias, o projeto “Aprender”, que complementa a Matemática e Língua Portuguesa, e o projeto de Hip Hop, e que acredita na ampliação destes para o ano que vem.


Outras Notícias
Governo de SC
Prefeitura de Chapecó
Semasa Itajaí
PALHOÇA
Unochapecó
Prefeitura Floripa Junho
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro