Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

PEQUENO GUERREIRO

Lucas Davi deixa legado de amor e persistência

Por: Janquieli Ceruti
28/11/2016 10:26 - Atualizado em 28/11/2016 10:29
Mãe e filho permaneceram juntos e inabaláveis em favor da vida (Foto: Arquivo de Giziani Domingos) Mãe e filho permaneceram juntos e inabaláveis em favor da vida (Foto: Arquivo de Giziani Domingos)

A batalha em favor da vida de Lucas Davi chegou ao final na tarde deste sábado (26). A criança, de dois anos e três meses, que estava internada no Hospital Unimed Chapecó, lutava contra um câncer cerebral, além de outras complicações, como meningite bacteriana e hidrocefalia. Após diversas cirurgias e muitos outros tratamentos, Lucas, que é filho da xaxinense Giziani Domingos, não resistiu e faleceu por volta das 15h15. Tanto na cidade quanto nas redes sociais, foi grande a comoção da comunidade, que muito torceu pela recuperação do menino.

Em sua inocência, Lucas Davi foi capaz de mobilizar milhares de pessoas em prol do amor. Foram muitas correntes de oração, doações de sangue, em dinheiro e iniciativas para arrecadar fundos e contribuir com o tratamento da criança. Há algumas semanas, o LÊ NOTÍCIAS manteve contato com Giziani, que se mostrava esperançosa, mas ciente da gravidade da doença. Em todas as conversas, a mãe de Lucas Davi ressaltava a força do filho e agradecia aos familiares e à comunidade por tamanha mobilização.

Na última quinta-feira (24), Giziani enviou uma nota ao , em que foi possível perceber a gravidade da doença do filho, mas também a imensurável fé que tinha em sua recuperação. “Mais uma vez obrigada por tudo. Ele visivelmente está bem e engordou 300 gramas. A parte corporal ainda é delicada, mas tudo está funcionando bem na medida do que recebe e está sem qualquer dor. Porém, parte do sistema nervoso está bem comprometida com as lesões, então está nas mãos de Deus. Eles dois decidem o que será. O caso dele e 28º no mundo todo e o primeiro do Brasil. Aproveito a cada segundo. Tudo é imprevisível. Mas estarei aqui como sempre estive ao lado dos meus filhos para tudo que vier. Para ajudá-los e apoiá-los a enfrentar da melhor maneira, nem que para mim seja aparentemente pesado. Ele não precisa de pena ou lamentação, ele precisa de força, coragem, carinho e amor. Isso que ele me passa todos os dias: coragem e ensinamentos. Há 42 dias estamos nos doando ao dobro em prol do nosso pequeno Lucas Davi e seguiremos assim”.

BATALHA EM PROL DA VIDA

Do dia 17 de outubro, quando deu entrada no Hospital Regional São Paulo, passando pelo dia 21 daquele mês, quando foi internado no Hospital Unimed Chapecó, até o último sábado, 26 de novembro, Lucas Davi passou pelos cuidados de um contingente de pessoas. Entre os profissionais, pediatra, neuropediatra, neurocirurgião, fisioterapeuta, psicóloga, assistente social, oncologista, profissionais de higiene, de nutrição e enfermeiros envolveram-se no tratamento da criança.

De acordo com Giziani, Lucas Davi sempre foi uma criança comunicativa, extrovertida e com bons hábitos alimentares. Mas, em 11 de outubro passado o pequeno teve febre e vômitos. De início, a família pensou se tratar de uma virose comum, porém a fraqueza constante e a falta de equilíbrio preocuparam a todos. Exames laboratoriais não acusaram problemas de saúde. Mas, no dia 17, o pediatra que acompanha Lucas Davi desde o nascimento internou o pequeno em Xanxerê, onde ficou até o dia 21, quando uma tomografia diagnosticou algo preocupante. No mesmo dia, o pequeno foi encaminhado para um neuropediatra em Chapecó. No dia seguinte, Lucas Davi passou por uma ressonância com contraste craniano, que identificou o tumor. Mais uma ressonância foi feita dois dias depois com contraste da medula, que confirmou a meningite bacteriana.

COMOÇÃO NA INTERNET

A despedida a Lucas Davi aconteceu ontem (27), na Capela Central de Xaxim, com sepultamento às 9h30. Mas, antes disto, no sábado, muitas homenagens foram prestadas a Lucas Davi no Facebook. No perfil da criança, no de sua mãe, de familiares e na fanpage do , milhares de internautas prestaram apoio à família e ressaltaram a batalha do pequeno valente. Em uma das postagens, a mãe expressou: “Há três anos descobri o que é amor. Momento em que você me presenteava para permitir ser sua mãe. Foram dois anos, três meses e dezoito dias de ensinamento carnal e muito ainda será espiritual. Meu guerreiro, você passou de fase. Obrigado por tudo. Te amo e te amarei sempre. Obrigado por todo ensinamento; por me provar quem é quem. Meu anjo, tive a certeza quando escolhi teu nome: Lucas Davi = Guerreiro Iluminado. Assim você sempre foi e será”.

NOSSOS SENTIMENTOS

Nós, da equipe , expressamos nossos mais sinceros sentimentos à família e, certos do acolhimento de Deus, agradecemos ao Lucas Davi pela lição deixada a todos. “Você cumpriu sua missão entre nós com graciosidade e persistência. Siga em paz, Lucas Davi, com a certeza de que nos será eterno. Gratidão por seu exemplo, seu amor e seu legado”.


Outras Notícias
Alesc - Outubro - Mobile
Fiesc Outubro - Mobile
Zagonel - Outubro - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro