Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

TRAGÉDIA

Queda de avião da Chape deixa 76 mortos

Cinco pessoas, entre elas jogadores, sobreviveram
Por: LÊ NOTÍCIAS
29/11/2016 07:13 - Atualizado em 29/11/2016 07:56
Delegação da Chapecoense está sendo resgatada; cinco vivos já foram confirmados (Foto: Fabricio Crepaldi) Delegação da Chapecoense está sendo resgatada; cinco vivos já foram confirmados (Foto: Fabricio Crepaldi)

A delegação da Chapecoense saiu de Guarulhos rumo à Bolívia com 72 passageiros e nove tripulantes. Após escala técnica, a Chape deixou Santa Cruz de La Sierra em um voo comercial e seguiu para Madelliín. Porém, na madrugada de hoje (29), fez pouso forçado na região de Antióquia, na Colômbia. A causa do acidente, que já teria vitimado pelo menos 25 pessoas - conforme o prefeito Frederico Gutierrez, teria sido uma pane elétrica. Conforme a imprensa local colombiana, o piloto teria liberado combustível no ar para evitar a iminente explosão durante o pouso.

De acordo com o aeroporto José Maria Córdova, a aeronave perdeu contato com a torre de controle às 21h33 locais (0h33 de Brasília) e teria caído às 22h15 (01h15 de Brasília). O avião transportava a delegação para primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Devido ao difícil acesso e às condições climáticas de baixa visibilidade, está sendo difícil o trabalho de resgate dos feridos.

Em nota oficial, a Conmebol suspendeu todas as atividades envolvendo a Confederação, inclusive a partida, duelo de ida pela final da Sul-Americana, que estava marcada para quarta-feira às 21h45 (de Brasília) em Medellín.

“A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que há sido notificada por autoridades colombianas que o avião em que viajava a delegação do Atlético Chapecoense do Brasil sofreu um acidente em sua chegada à Colômbia. Estamos em contato com as autoridades e à espera de informações oficiais. A família Conmebol lamenta enormemente o ocorrido. Todas as atividades da Confederação ficam suspensas até novo aviso.”

Confira a lista dos jogadores que viajaram para a Colômbia:

Jogadores
Goleiros: Danilo e Follmann;
Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo;
Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto;
Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco;
Meias: Cleber Santana e Arthur Maia;
Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Comissão técnica
Treinador - Caio Júnior
Auxiliar técnico - Duca
Preparador Físico - Anderson Paixão
Preparador de Goleiros - Boião
Fisiologista - Cezinha
Médico - Dr. Marcio
Fisioterapeuta - Rafael Gobbato
Analista de Desempenho - Pipe Grohs

SOBREVIVENTES

Os goleiros Danilo e Follmann e o lateral Alan Ruschel estão entre os sobreviventes confirmados. Além de jogadores e comissão técnica, embarcaram jornalistas e dirigentes.

NÃO EMBARCARAM

Nem todos os jogadores da Chapecoense estavam no voo. Ficaram no Brasil: Neném, Demerson, Marcelo Boeck, Andrei, Hyoran, Martinuccio, Nivaldo e Rafael Lima.

MORTOS

Não há, por enquanto, identificação das 76 vítimas fatais.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro