Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

LAÇO PARA A VIDA

Acadêmicos da Unochapecó comentam sobre amizades no Dia do Amigo

Por: LÊ NOTÍCIAS
20/07/2018 15:09 - Atualizado em 20/07/2018 15:59
No dia 20 de julho é comemorado o Dia do Amigo e os estudantes da Uno contam sobre suas amizades de anos (Foto: Unochapecó) No dia 20 de julho é comemorado o Dia do Amigo e os estudantes da Uno contam sobre suas amizades de anos (Foto: Unochapecó)

Há momentos na vida que esbarramos com pessoas capazes de dar um novo sentido à nossa trajetória. Essas pessoas têm o poder de colorir dias cinzentos e transformar lágrimas em sorrisos. São elas, também, as maiores responsáveis por preencher qualquer vazio existente em cada um de nós. E é justamente para essas pessoas que a data de hoje (20/07) é dedicada, o Dia do Amigo. Na Unochapecó, novas amizades se constroem dia a dia e muitas delas formam um laço para a vida toda.

Foi em uma segunda-feira à tarde que conheci Diego Battista e Leonardo Henrique Kunst. Os dois possuem uma amizade que pode ser percebida a distância, mesmo por quem não os conhece. Esse companheirismo, que ultrapassa os limites do tempo e completa 11 anos, iniciou em 2007, no curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade. Na época, os dois eram acadêmicos e com o tempo descobriram que mesmo com suas diferenças tinham muito em comum. "Teoricamente nós somos bem diferentes, mas o bacana é que sempre tivemos essa relação de ignorar a diferença um do outro. O Diego sempre foi uma pessoa que me mostrou outras formas de visualizar o mundo", conta Leonardo.

Hoje, os dois trabalham juntos como professores da Unochapecó, o que fortalece ainda mais essa relação de companheirismo. "A gente sempre se vê, mesmo que for por cinco minutos, sempre tiramos um tempo para conversar. Às vezes passo na sala dele ou ele vai na minha sala", comenta Diego. Para quem conhece os dois, tornou-se raro falar de um sem pensar no outro. Tanto os estudantes quanto os colegas de trabalho já sabem que essa amizade vem de longa data.

Para mim, que até então não os conhecia, foi impossível não notar o olhar e as palavras de respeito e admiração, de um para o outro. Quando perguntados sobre o futuro, Diego responde sem pensar. "Primeiro, eu espero sempre ter o Léo junto comigo, não importa o que aconteça na minha vida, não importa se eu sair daqui, não importa se eu for morar no outro lado do mundo, eu sempre quero ter ele junto comigo".

UM É POUCO, OITO É O IDEAL

Na terça-feira agendada, apenas Dionatan de Castro, Gleici Menezes e Camila Rodrigues puderam me encontrar para a conversa. Mas desde o início deixaram claro que o grupo era bem maior. E de fato, eles ultrapassam os limites de quantidade. Ao todo, são oito amigos que se encontraram durante o curso de licenciatura em Educação Física. Conhecidos entre eles por 'Grupo da Pesada', buscam estar sempre unidos, para o que der e vier. "A gente já passou poucas e boas juntos", comenta Camila.

A amizade entre eles é tão forte que até mesmo no dia de defender o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) a ordem de apresentação foi um atrás do outro. "Veio o dia da banca, fomos olhar, estava Magno por primeiro, eu a segunda e o Dionatan e a Gleici, todos no mesmo dia. Era para ser", brinca Camila. Mas não é apenas na Universidade que o grupo se reúne, até porque muitos deles já estão formados. Sempre que possível, organizam encontros em outros ambientes, seja para comemorar o aniversário de alguém, ou simplesmente para celebrar o fato de estarem juntos. Em meio a brincadeiras e risadas, os três definem facilmente o que a amizade significa para eles. De forma unânime, 'tudo' foi o termo utilizado.

Durante esse tempo de companheirismo, os principais aprendizados obtidos um com o outro foi ter paciência e respeitar o jeito de cada um, e, principalmente, valorizar a amizade. "Com o passar do tempo, a gente vai dando valor maior à amizade, do que ao 'coleguismo' que a gente tem normalmente durante a Universidade", coloca Dionatan.

Em meio a todos os momentos já vividos, novos com certeza surgirão, principalmente no que depender deles. “Espero que a nossa amizade persista, porque eu não me imagino sem esses dois", finaliza Camila.

DE UMA BANCA DE TCC PARA CURITIBA

Isadora Tonini e Gabriela Costacurta conheceram-se no fim do ano passado. Tudo começou no dia em que Isadora apresentava seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para formar-se em Jornalismo. Nesse dia, Gabriela estava presente como ouvinte. "Eu fui assistir à banca de TCC dela porque me interessei bastante no assunto. Depois disso passamos a conversar todo dia e aí a gente foi se identificando muito por causa das nossas histórias de vida e nos tornamos muito amigas", comenta a estudante de Psicologia da Unochapecó.

Essa amizade iniciada na Universidade tornou-se tão forte que as duas garotas resolveram arrumar as malas e fazer uma viagem para Curitiba. Pela chamada de vídeo entre elas e eu, pude notar a alegria no rosto de cada uma, ao falar sobre essa amizade capaz de ultrapassar limites, inclusive territoriais.

Para elas, a amizade é algo capaz de fortalecer o poder da partilha. "Para mim significa ter alguém para dividir. Quando tem alguém para dividir as coisas, parece que elas se tornam definitivamente reais. Quando vivemos essas coisas sozinhas, é algo real sim, mas parece que não se expande. Quando a gente tem um amigo, a gente consegue passar todas as coisas que a gente viveu, todas as dores, todas as alegrias para a outra pessoa e aí vai se expandindo para o mundo", diz Isadora.

Para os próximos anos, ambas esperam viajar e conhecer novos lugares. "Esperamos estar apoiando uma a outra, no nosso apartamento em Paris", brinca Gabriela. E Isadora complementa: "nosso apartamento de parede azul".

Aos outros inúmeros amigos que circulam pela Unochapecó, a data de hoje é um lembrete para que esse sentimento não se perca. Por isso, espero que na sua mente tenha surgido a imagem de alguém especial enquanto lia esse texto, assim como bons momentos resgatados pela memória e pelo coração.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro