Close Menu

Busque por Palavra Chave

SP Convention

APOIO IMPORTANTE

Empresa júnior de Engenharia Química é a primeira federada da Unochapecó

Por: LÊ NOTÍCIAS
24/07/2018 17:49
As análises são feitas conforme a demandas das empresas atendidas (Foto: Unochapecó) As análises são feitas conforme a demandas das empresas atendidas (Foto: Unochapecó)

As associações sem fins lucrativos, formadas e geridas por estudantes do ensino superior, são chamadas de empresas juniores. A primeira delas foi criada em Paris, no ano de 1967, e depois se espalharam pelo mundo. No Brasil, elas contam com o apoio das Federações de Empresas Juniores para se manter no mercado. Foi justamente em busca desse auxílio, que a Consultoria Empresarial Júnior de Engenharia Química (Cejeq) da Unochapecó começou, em julho de 2018, a fazer parte da Federação de Empresas Juniores de Santa Catarina (Fejesc). Ou seja, a partir de agora o grupo conta com um grande suporte para desenvolver suas atividades e buscar o crescimento do seu negócio. A empresa júnior é a primeira da área no Oeste catarinense a ser federada e a pioneira na Uno.

A Cejeq é formada por 15 integrantes voluntários dos cursos de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos da Universidade, com o apoio dos professores. Juntos, eles realizam uma série de trabalhos para as empresas da região, como o desenvolvimento de análises e de projetos de consultoria e marketing, estudos e pesquisas sobre o mercado de atuação e o gerenciamento de planos e liderança de equipes. Além de oferecerem um valor diferenciado para o mercado, os estudantes têm a chance de fomentar o aprendizado prático em sua área de atuação e se aproximar do mercado de trabalho.

Segundo o coordenador da Cejeq, professor Murilo Costelli, essa é uma grande oportunidade para os estudantes praticarem o empreendedorismo e a pesquisa. "Trabalhando forte na geração de novas ideias, que contribuem para a resolução de problemas e necessidades de grandes empresas", acrescenta.

O apoio da Federação, para o professor, representa aos empresários juniores a garantia de receber treinamentos, participar de congressos e ter experiências que vão além da atuação no dia a dia da empresa. "Proporciona maior desempenho entre os membros da equipe, atrai novos projetos e colabora para o crescimento da empresa", conclui.

A integrante e estudante de Engenharia Química, Natália Gatto, destaca que foi um avanço muito importante para a Consultoria. "Nós, enquanto empresa, buscamos dar um passo de cada vez, para conseguir alcançar as metas e também abranger mais acadêmicos. A federação foi só o primeiro", ressalta Natália.

A empresa júnior permite aos estudantes ir além dos conteúdos estudados em sala de aula, aprender também questões de liderança, gestão administrativa e marketing. "Algumas análises nós nunca fizemos em sala, então a empresa nos proporciona um aprendizado externo. Com o auxílio dos professores, a equipe consegue dar um produto de qualidade para o cliente", comenta a presidente da Cejeq, Thaís Cassiele Piovezan.

COMO PARTICIPAR

A Consultoria está instalada dentro da Universidade e presta serviço para a população com um valor diferenciado. Podem participar da empresa os acadêmicos de Engenharia Química e de Engenharia de Alimentos. Para fazer parte da Cejeq, os estudantes passam por um processo de análise de currículos e entrevista, metodologia parecida com a realizada no mercado de trabalho.

Mais informações sobre as atividades desenvolvidas pelo grupo podem ser encontradas no Facebook.


Outras Notícias
Essenciais de Verão
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro