Close Menu

Busque por Palavra Chave

Entrevista | Vereador mais votado da história de Lages, ex-comunicador é o pupilo de Esperidião Amin na terra de Raimundo Colombo

Por: Weliton G. Lins
02/08/2018 17:49

Nesta semana, Weliton G. Lins entrevistou Lucas Neves, vereador mais votado da história de Lages e pré-candidato a deputado estadual pelo Progressistas.

Weliton G. Lins: Depois de ser o vereador mais votado da história de Lages, agora você é candidato a deputado estadual. O que representa para você esse desafio?

Lucas Neves: Essa é uma eleição importante. Eu diria que a eleição de 2018 será um divisor de águas na história democrática do nosso país. Essa é uma eleição importante, no sentido de que, a população está com a paciência esgotada com o político. Hoje o político para ir ao encontro da população e fazer o pedido de voto, enfrenta uma série de dificuldades, porque as pessoas estão desacreditadas. Essa bandalheira toda faz com que o descontentamento com a política seja generalizado. A gente não pode se apegar a isso, temos que apresentar propostas diferentes e mostrar que é possível sim fazer um trabalho sério, um trabalho com responsabilidade e, acima de tudo, com verdade. Nós fomos eleitos em 2016, como o vereador mais votado da história de Lages, com 6.192 votos, proporcionalmente entre os vereadores mais bem votados do Estado, e a gente conseguiu fazer a diferença, fazer com excelência. Eu coloquei um gabinete móvel para visitar os bairros, inclusive sendo multiplicado para outras cidades catarinenses, tornando-se finalista no prêmio ‘’Udesc Esag’’ de gestão e transparência pública. Fui eleito 3 vezes o vereador mais atuante, nesses quase 2 anos de mandato, ou seja, a população nos aprovou em 2016, depois nós fomos novamente aprovados pela população nessas pesquisas que foram feitas e isso, obviamente, nos deu gás, para que a gente colocasse o nosso nome a disposição do Progressistas, para representar a Serra catarinense nessa disputa da eleição de 2018. Eu sempre digo, 40 deputados estaduais serão eleitos, com o voto ou sem o voto da população. Então nós temos que reavaliar novamente todos os candidatos e isso que eu dou de conselho para a população. Avalie o candidato e faça uma escolha. O que não podemos é permitir que as pessoas abdiquem do seu direito de cidadão, do seu direito de votar e de fazer uma escolha.

Weliton: Como você avalia a entrada de Esperidião Amin na disputa ao Governo mais uma vez?

Lucas Neves: Eu visitei todos os municípios da nossa região, na região Centro-Oeste. Mais de 30 municípios visitados e o desejo é geral, para que o Esperidião esteja na chapa majoritária e seja o candidato ao Governo do Estado. Você veja bem, ele já foi governador duas vezes, e todo o trabalho que ele fez, com dinamismo, deixou uma marca, o resultado do trabalho dele hoje pode ser visto. Só pra citar um exemplo, foi o governador que fez a Serra do Rio do Rastro durante o mandato dele, implantou-se polícia comunitária, Proerd, fez o Troca-Troca, enfim, beneficiou o agricultor, foi um governador importante para a história de Santa Catarina. Tem mais de 30 anos de vida pública, não está na lista da Lava-Jato, nem da JBS, muito menos da Odebrecht, o que hoje, infelizmente, o fato de não estar nesse tipo de lista, acaba sendo uma virtude para o político. Então, tem preparo, tem experiência, tem o dinamismo que o Estado precisa. Se nos lembrarmos, em 1998, ele pegou o Governo do Estado quebrado, três folhas de pagamento atrasadas e foi o governador que mais valorizou a Educação, mais valorizou o funcionalismo público e até hoje é lembrado pelo funcionário público estadual. Então a gente vê que a necessidade no ano que vem, já que teremos uma dívida do Estado, muito alta, falam se em cifras bilionárias de dívidas, é necessário alguém com experiência, de gestão, alguém com o dinamismo do Esperidião, para colocar a casa em dia. Nós não podemos é fazer aventuras, o Governo do Estado em 2019 não é pra aventureiro. Tem que ser para alguém preparado, que tenha respaldo, que tenha experiência, e na minha visão, esse alguém é o Esperidião Amin.

Weliton: A cidade de Lages, hoje possui líderes, como Raimundo Colombo, Carmen Zanotto, Fernando Coruja. Porém, o Progressistas carece de uma liderança de expressão em Lages. 2020 está aí. Como projeta seu futuro?

Lucas Neves: O meu projeto futuro é ser eleito deputado estadual no dia 7 de outubro e de fazer nosso trabalho com excelência. Sendo eleito deputado estadual, eu não pretendo disputar a prefeitura em 2020. Tenho o sonho de ser prefeito de Lages, ser prefeito da minha cidade, onde nasci, cresci, cidade que a gente ama, que a gente quer ver bem. Mas, sendo eleito deputado estadual esse ano, com certeza em 2020, eu não disputarei a eleição para prefeito. Caso não seja eleito, mas fizer uma boa votação, ter um bom resultado, aí poderemos avaliar a possibilidade de disputar a prefeitura, mas nesse momento, estamos focados em disputar a eleição de deputado estadual.

Weliton: Como você vê o papel da juventude na política?

Lucas Neves: A juventude é de extrema importância. Nós estamos passando por um processo de renovação muito forte. As lideranças estaduais, municipais, num todo, estão sendo renovadas agora, nesse processo político 2016/2020, são anos importantes para que isso aconteça. A renovação é salutar, mas a gente tem que pensar, na renovação, sem deixar de lado, sem descartar aqueles que têm experiência, que é necessário também. Não basta você só ser novo, você tem que buscar também experiência. Mas buscar a boa experiência, as experiências ruins, o jeito velho de fazer política, isso não serve mais, a gente não aceita isso. Eu, por exemplo, não faço isso, no meu trabalho, no que a gente faz agora, durante a campanha que estamos fazendo. Nós adotamos um modelo diferenciado, deu resultado em 2016 e é o modelo que nós vamos seguir com firmeza. Eu sempre conclamo os jovens para que se envolvam com a política. A política precisa das pessoas boas. Tem bastante gente ruim na política, mas talvez tenha tanta gente ruim, porque os bons estão se omitindo.


Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro