Close Menu

Busque por Palavra Chave

Na Essência | Homens que matam mulheres!

Por: Júnior Chisté
08/08/2018 10:13 - Atualizado em 08/08/2018 21:08

Desculpa inicialmente a você mulher que me acompanha em minhas colunas pelo título de hoje, mas é preciso sim, chamar a atenção definitivamente da sociedade, de nosso ordenamento jurídico e de gritar aos quatro cantos que a Lei Maria da Penha, embora no papel seja um primor, na prática ainda como tudo que é lei no país não tem sido catedrática.

Quando foi a última vez que você leu uma notícia que ex-namorado, ex-marido, ex, ex, ex, matou, esquartejou, mulher? Há algumas horas atrás? Ontem? Semana passada?

Que mulher desaparecida foi encontrada totalmente nua em matagal, em um rio qualquer, em uma garagem qualquer, em seu próprio carro abandonado há dias?

Mentes doentias que não aceitam um "não", uma separação, que não aceitam um "corte umbilical", verdadeiros homens que se dizem bem dotados, e me perdoem, em todos os sentidos, mas que de mente são uns débeis mentais. São aqueles, evidentemente jamais generalizando, que passam horas por dia nas academias da vida cultuando seus corpos, se preocupando com seus carros, com seu cabelo, com suas roupas, e com muitos outros detalhes supérfluos e que jamais se preocupam em ler sequer um livro, um jornal, saber de suas famílias, de serem gratos, de serem generosos com o mundo.

E essas mulheres? Não percebem com quem estão se relacionando? Ou com quem está ao seu lado? Será que algumas semanas, exatamente a mulher que percebe nos mínimos detalhes o comportamento humano, não percebem até que ponto o seu parceiro poderá chegar? No primeiro sinal ora bolas, caia fora, denuncie, fuja, se esconda, vá buscar auxílio, é sua vida que está correndo perigo.

Mas há um detalhe, todo o psicopata, todo o verdadeiro sanguinário esconde seus traços, seu verdadeiro estereótipo. Quando você percebe onde seu meteu, já está nas teias deste assassino.

Principalmente nos dias de hoje onde tudo é fácil, muito fácil. Em um clique, você aceita o convite em qualquer rede de relacionamento e em uma semana já está saindo com a pessoa. Em quinze dias, seu status mudou para "em um relacionamento sério", em seis meses, "mudou-se para outra cidade". E?

Estamos cansados de olharmos para qualquer rede social, site de notícias, TV ou jornal e vermos mulheres com carreiras meteóricas sendo literalmente esmagadas, estranguladas e pisadas por delinquentes, por marginais, por doentes mentais.

E o que é pior: quantos anos ficarão presos? Mesmo que ficassem por toda a vida, resolveria algo? Mas não, alguém vai acompanhar por quanto tempo ficam presos esses "senhores psicopatas"?

Brasil da injustiça, bem vindos!


Foto: Paulo Pinto/AGPT


Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro