Close Menu

Busque por Palavra Chave

A saída de Aldo Schneider; As pesquisas mandaram recados; PT comemora liderança em tudo; O fator rejeição; Carmen Zanotto no Duas Perguntas

Por: Marcos Schettini
20/08/2018 09:25 - Atualizado em 20/08/2018 11:16

ida de Aldo Schneider tem dor e muda o cenário

Silvio Dreveck, com a morte de Aldo, é imediatamente levado à presidência da Mesa. O quadro muda com o desaparecimento de Aldo Schneider. Ligado ao MDB, mas com forte respeito à pessoa do presidente Progressista, que, sabe-se é ligado à candidatura de Gelson Merisio, dá nitro ao motor da coligação do candidato do PSD, que assume importante espaço de Poder, que justifica ao seu favor neste momento de início eleitoral. Silvio vai respeitar o tempo necessário para homenagear a perda do amigo, mas eleição é eleição. São três dias de luto, tempo suficiente para dar a atenção merecida ao deputado que se foi e, após isso, a guerra eleitoral retorna.




A Sra ganhou um título pelo trabalho no Congresso. Que título é esse?

Dentre 360 deputados federais, 10 foram escolhidos por júri especializado como os melhores deputados de 2018 e eu tenho a honra de estar entre eles. Além disso, também recebi o prêmio entre os três deputados que mais trabalharam pela redução das desigualdades sociais. Estas premiações são concedidas pelo Prêmio Congresso em Foco, que é uma iniciativa independente e está em sua 11ª edição, consistindo em acompanhar o desempenho individual dos deputados e senadores, de modo a reconhecer o trabalho de quem se destaca positivamente.

O que o cidadão ganha com este título a seu favor?

Ganha uma resposta pública, que permite a ele avaliar como eu o estou representando. Em um noticiário tomado por fatos negativos da política, no Congresso em Foco o cidadão ganha a possibilidade de conhecer os bons exemplos e o que fazem os parlamentares mais atuantes que, diga-se, estamos apenas cumprindo com a nossa obrigação. Acompanhando o Congresso em Foco, muitas pessoas souberam que fui a primeira parlamentar a apresentar um projeto de lei, garantindo que nenhum paciente com câncer tenha que esperar mais de 60 dias para iniciar o tratamento. Esta lei está permitindo a expansão de 80 novos serviços de radioterapia no Brasil e Santa Catarina está sendo beneficiada com quatro serviços nas cidades de Chapecó, Joaçaba, Itajaí e Blumenau. Com isso, vamos reduzir ainda mais o tempo de espera e as pessoas também poderão avaliar como pauto minha atuação em defesa de todos os catarinenses.


Rumos

Os números do Ibope acionaram o botão inicial de campanha para todos os candidatos a governador. Se de um lado deixou o MDB pensando os motivos, o PT na liderança, por outro apontou o PSD com a menor rejeição eleitoral.

Leitura

Para Décio Lima, ter os números dos votos válidos como ficou apresentado, diz o que o candidato petista tem afirmado continuadamente. Acredita ele que não somente vai atravessar a ponte para o 2º turno, mas também que SC está mudando.

Faxina

O PT se animou com os números do Ibope e diz que o eleitor deseja que a história estadual seja mudada com os novos tempos de transparência administrativa e que, mesmice entre MM e GM, está nele mudar os rumos em SC.

Preocupação

A entrada do PT no cenário, dando uma distância política ao segundo lugar na aferição, afirma que, entre MM e GM, se tiverem mesmo no empate técnico, aquele que for para o 2º turno com o PT, vai ter o votos de um deles.

Mais

Imagina-se que, pelos números apresentados, vá Mauro Mariani e Décio Lima para o 2º turno. Pela divisão da Tríplice, entende-se que a turma de Merisio direcione seus votos para o amigo de Lula da Silva em SC. Até pelas circunstâncias.

Reverso

Por outro lado, com Merisio indo para o 2º turno com Décio Lima, o MDB teria que, necessariamente, votar no petista derrotando o candidato do PSD ao governo. Com a Tríplice reduzida a guisado, Mauro Mariani votaria no PT.

Revelação

O PT estar na frente das pesquisas eleitorais, é uma surpresa para todos. Nem mesmo os militantes de Lula da Silva assim se observavam. Embora Décio afirmasse que sempre esteve na frente, será o programa eleitoral quem vai dizer tudo.

Marqueteiros

Agora está nas mãos do modelador, aquele que pega uma pedra bruta e transforma em pedra preciosa, lapidando tudo o que é desajeitado e afrontoso, em um quadro necessário. O Ibope falou, em poucas consultas, o que eles já sabiam.

Pois

Se os números da pesquisa indicaram que o PT em SC está forte, entende-se com estas inclinações, que Lula da Silva, ou seu nome em evidência, deveria estar imediatamente lembrado na aferição. Votar em Décio e Bolsonaro é fenômeno.

Espanado

Mais que os petistas, que também olham os números da pesquisa com o mesmo espanto de seus concorrentes, votar em Décio e ter Bolsonaro na liderança, é em tese, igual a um parafuso com rosca destruída. Aperta, mas fica frouxo.

Loucura

Se de um lado o PT fez festa nos números dando sua ida ao 2º turno, por outro, colocou em xeque o empate técnico entre Gelson Merisio e Mauro Mariani. Os dois com a maior estrutura partidária, perdendo para o partido da rejeição.

Aferição

A rejeição vai pesar muito, para que os marqueteiros possam produzir, para que o eleitor se identifique. Com esta apresentação, o PT teria que intensificar sua permanência, perdendo o alto índice demonstrado. Estar na frente nas duas posições, não é lucro para ninguém.




Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro