Close Menu

Busque por Palavra Chave

Secretaria da Saúde de Xaxim alerta para crescente número de casos de DSTs no município

Por: LÊ NOTÍCIAS
22/08/2018 15:45 - Atualizado em 23/08/2018 10:30

O alarmante crescimento nos casos de pessoas contaminadas pelos vírus da Aids e da Sífilis preocupam o Governo de Xaxim. De acordo com os dados repassados pela Secretaria da Saúde de Xaxim, somente neste ano de 2018, o aumento de casos de HIV chegou a 283% com relação ao ano passado. Os índices de crescimento de pessoas infectadas pela Sífilis também preocupam. Até agora, o aumento no registro de casos atingiu os 242%. O contágio de Sífilis por gestantes também disparou no município de Xaxim. A estatística da Secretaria aponta crescimento de 160% entre as grávidas.

Conforme a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Xaxim, enfermeira Elizete de Souza, a Secretaria está atuando em diferentes frentes para prevenir a transmissão das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s). “Durante todo o ano, realizamos os testes rápidos, gratuitos e fidedignos do HIV, Sífilis e hepatites em todas as nossas unidades de Saúde e, ainda, as equipes realizam a busca ativa desses pacientes. Além disso, temos à disposição preservativos femininos e masculinos em todas as unidades e orientamos todos os grupos ligados à Secretaria e munícipes durante os atendimentos em Saúde”, pontuou.

Ainda segundo Elizete, “percebemos que nos últimos 10 anos o Ministério da Saúde e o Governo Federal diminuíram as campanhas de mídia que estimulavam o uso do preservativo. Isso colaborou para que nossa população negligenciasse o uso da camisinha. Tanto é que a procura pelos preservativos nas unidades de Saúde caiu consideravelmente”, ressaltou a enfermeira que também expôs que “muitas pessoas acreditam que ninguém mais morre de Aids/HIV e que basta tomar o medicamento para ficar tudo bem, o que não é bem assim”.

Para o secretário da Saúde, Davi Provenzi Machado, “apesar de investirmos em ações de prevenção, muitas pessoas continuam mantendo relações sexuais sem o uso do preservativo, o que está alastrando os vírus. A preocupação da Secretaria é grande e precisamos contar com a conscientização da comunidade para que novos casos não sejam registrados. Temos preservativos à disposição em todas as nossas unidades de Saúde e vamos intensificar ainda mais as ações de orientações para a população em todos os bairros da cidade e também no interior, tendo em vista que os casos registrados estão concentrados entre as classes média e alta. Estamos, também, organizando ações pontuais com a entrega de kits de preservativos para a comunidade”.

Segundo o prefeito Lírio Dagort, “todos os munícipes têm a obrigação de repassar as orientações da Secretaria aos familiares, amigos e conhecidos para que essa triste realidade possa ser mudada. Contamos com a colaboração de todos os xaxinenses para que, em breve, possamos reduzir esses índices. Este não é um problema somente de Xaxim, mas também dos municípios da região, que vem registrando aumentos preocupantes. Vamos intensificar as ações de prevenção e fazer a nossa parte enquanto Administração”, finalizou.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro