Close Menu

Busque por Palavra Chave

Voto desperdiçado; Resposta na urna; Consciência pesada

Por: Weliton G. Lins
24/08/2018 09:52

JEITO DIFERENTE

No processo eleitoral atual, muito se fala em fazer a diferença ou fazer diferente, renovação, mudança, palavras que o eleitor gosta de ouvir, mesmo sabendo que, nem todos os candidatos serão fiéis ao discurso, o eleitor finge acreditar. A verdade é que os discursos fáceis, manjados, cheios de demagogia, já não convencem tanto assim. O eleitor quer ouvir o que o candidato fará, que nunca fez. Quem teve a oportunidade de fazer e deixou passar, fica descreditado.

REELEGER

O candidato que busca a reeleição ao mesmo cargo, tem na atual crise política, seu maior desafio. Precisa convencer o eleitor, porque não fez, e porque o eleitor deve confiar no candidato, mesmo não tendo certeza se ele fará. Nessa onda, candidatos que nunca disputaram outros cargos, ou que, disputam um cargo eletivo pela primeira vez, conseguem surfar, o eleitor quer caras novas, sangue novo, quer mudança.

REFORMA INEXISTENTE

Recentemente o Congresso Nacional aprovou a reforma política, sonho de tantos brasileiros, que no final do texto do relator, virou ilusão. A reforma que poderia mudar a cara da política brasileira foi barrada, para que o mesmo continue, o mesmo modelo, o mesmo jeito, a mesma forma de se fazer política. Poucas mudanças aconteceram e as que vieram só favorecem os que já estão em seus gabinetes, defendendo seus mandatos, seus interesses. Uma reforma inexistente, que não diminuiu o número de partidos, o valor do fundo partidário, a forma do eleitor votar, decidir, e mudar, entre outras situações.

RESPOSTA NA URNA

Mesmo assim, o principal protagonista desse teatro, ainda é o eleitor. É ele quem vota, quem decide, quem discute, quem diz o que irá acontecer. O voto pode ser usado de várias formas. Pode ser usado como incentivo, apoio, revolta, protesto, manifestação, ou até mesmo desprezo.

VOTO DESPERDIÇADO

O eleitor que resolve votar nulo, branco, ou até mesmo não comparecer à urna, está desperdiçando seu voto. Mais do que isso, arrisca o futuro de muitos, esquece que somente daqui 4 anos terá a mesma oportunidade.


Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro