Close Menu

Busque por Palavra Chave

Estudantes da Unochapecó concorrem ao Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo

Por: LÊ NOTÍCIAS
24/08/2018 17:12 - Atualizado em 24/08/2018 17:12
Unochapecó Pâmila Capelli, Juliane Bee e Andrey Evangelista estão concorrendo estão entre os finalistas do Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo Pâmila Capelli, Juliane Bee e Andrey Evangelista estão concorrendo estão entre os finalistas do Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo

Com linguagem literária, a reportagem multimídia 'Ouro Branco: como a produção de leite transformou a vida de mulheres no Oeste Catarinense', está entre as finalistas da modalidade 'Estudante' do 17º Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo. A produção dos alunos Andrey Evangelista, Juliane Bee e Pâmila Capelli do curso de Jornalismo da Unochapecó, retrata o perfil de cinco mulheres do Oeste Catarinense que encontraram na produção leiteira a possibilidade de transformar sua vida e das suas famílias.

Entre os finalistas da categoria 'Estudante' estão matérias jornalísticas de estudantes de Jornalismo da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp) e da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). A reportagem de Andrey, Juliane e Pâmila foi produzida na disciplina de Produção Jornalística Hipermídia, no primeiro semestre de 2018. Os estudantes explicam que a motivação pela escolha do tema se deu, pois suas raízes familiares estão no meio rural. Os três mantêm ligação com a vida no campo, mesmo residindo na cidade. “É uma das áreas que mais me envolve. Quero seguir trabalhando temáticas rurais”, afirma Andrey.

Para Juliane estar entre os finalistas do prêmio é a recompensa por trabalhar uma temática envolvente e significativa. "Tivemos muito cuidado para que as fontes fossem bem representadas no texto", relata. Já Pâmila, ressalta que disputar um prêmio desse porte é uma experiência única, “um diferencial na formação acadêmica”, finaliza.

A professora da disciplina Produção Jornalística Hipermídia, Ana Bourscheid, reforça a importância dos estudantes inscreverem seus trabalhos em prêmios como forma de ampliarem suas experiências e aprendizados. Destaca também que estar entre os finalistas é resultado de um trabalho coletivo, construído ao longo do curso, em cada uma das disciplinas cursadas pelos estudantes.

O PRÊMIO

Criado em 2001 com o objetivo de comemorar os 40 anos da empresa de máquinas agrícolas, Massey Ferguson no Brasil, a iniciativa visa incentivar, reconhecer e valorizar produções jornalísticas que abordem temas ligados ao agronegócio e que tratam de aspectos de produção, tecnologia e desenvolvimento neste setor.

A 17º edição do prêmio recebeu a inscrição de mais de 500 trabalhos nas suas sete categorias: Estudante, Fotografia, Jornal, Multimídia, Revista, TV e América do Sul, Central e Caribe. O primeiro colocado na categoria 'Estudante', na qual Andrey, Juliane e Pâmila concorrem, será premiado com R$ 7 mil e terá sua matéria publicada na revista Campo Aberto e no site mantido pela AGCO do Brasil. Já o segundo colocado receberá um tablet e o terceiro, um smartphone. Os vencedores serão conhecidos no dia 29 de agosto, durante cerimônia de premiação que irá ocorrer na sede da AGCO em Canoas (RS).


Outras Notícias
Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro