Close Menu

Busque por Palavra Chave

Na Essência | Você não acordou ainda?

Por: Júnior Chisté
17/09/2018 09:43

O mineiro Tancredo Neves foi o primeiro presidente civil eleito após a ditadura militar, que durou 21 anos no país (1964-1985). Em 15 de janeiro de 1985, em eleição indireta no Colégio Eleitoral, composto de senadores, deputados federais e representantes das Assembleias Legislativas estaduais, Tancredo derrotou o candidato apoiado pelos militares, Paulo Maluf. Em 14 de março, véspera da posse, Tancredo teve fortes dores abdominais, foi internado às pressas e fez uma operação de emergência. No dia seguinte, quem tomou posse em seu lugar foi o vice, José Sarney, ex-presidente do PDS, partido que apoiava a ditadura. Após uma agonia de 38 dias e sete cirurgias, Tancredo foi declarado morto em 21 de abril.

Na eleição passada, o então candidato Eduardo Campos, jovem, promissor, político de apenas 49 anos, morreu quando seu jato particular caiu em Santos, São Paulo.

Somente pra citar dois exemplos.

Agora, há poucos dias atrás. O candidato, líder nas pesquisas, Jair Messias Bolsonaro é atacado onde justamente estava sendo carregado nos ombros, por uma multidão em Juiz de Fora, Minas Gerais e é brutalmente esfaqueado.

Vamos deixar paixões e siglas de lado, por favor, vamos deixar pensamentos trogloditas e completamente vedados ao que é contra ao ser ético, humano e justo. Eu perguntaria, se fosse com o seu candidato? Se fosse com alguém de sua família que estaria disputando uma corrida à prefeito, vereador em sua cidade? Você continuaria com a mesma opinião? Acha completamente normal vivermos em um país em plenas eleições onde um candidato é atacado sob pena de perder sua própria vida? Pai de família, marido, homem e alguém que quer viver assim como você. Independente se ele diz algo que lhe agrade ou não.

Já escrevi aqui que durante as eleições acontecem de tudo e o brasileiro infelizmente não interpreta os fatos o que ocorre ao seu redor, exatamente como faz com a sua vida. Porque somente agora as obras aparecem em todos os lugares? Porque somente agora os políticos parecem "bonzinhos"? É a mesma ladainha de sempre e você continua caindo no conto do vigário há décadas!

Quando você vai aprender que há dinheiro sim. Há dinheiro no município, no estado e no Brasil. Somente não faz quem é incompetente e ladrão, me perdoe mas essa é a verdade!

Se fosse com qualquer outro candidato também estaria escrevendo as mesmas palavras. Mas não é muita coincidência o que se tem acontecido no Brasil nos últimos anos, ou até nas últimas décadas?

É chegada a hora do Brasil se unir ou viveremos um país sem perspectiva nenhuma, ou melhor, sim, com totais perspectivas de insegurança, medo, desespero. Olhem para a Venezuela e tirem suas conclusões. Estou falando em cima de fatos, de veracidades. Me baseio no que é verdadeiro e não em contos de fadas.

Sei exatamente quais serão os dois candidatos que estarão no segundo turno. Se você ainda não sabe, é só fazer a leitura. Um já está consolidado e outro vem subindo, porque tem o voto da esquerda brasileira. E o Brasil escolherá qual o caminho, esse Brasil é você, sua família, seus filhos, sua empresa, sua escola, sua rua, o que você come e deixa fazer...

Compreendeu ou é preciso desenhar?

Não se faz história com sangue, com falcatruas, com maracutaias, com conchavos, com enganações. Basta!

História se faz com verdades, com atitudes vencedoras, com heroísmo, com patriotismo, com severidade e austeridade.

História se faz com disciplina. Escolhendo um time com capacidade para fazer com que esse gigante Brasil para de ser "esfaqueado" como vem sendo há muito tempo.

O Brasil jorra sangue e não é de hoje!




Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro