Close Menu

Busque por Palavra Chave

Eleição crua; O programa eleitoral de Mauro Mariani; A força da Acracom; O cavalo de Marina Silva; Rádcom aguardando Merisio e Mariani

Por: Weliton G. Lins
18/09/2018 11:33

Cavalo paraguaio

Ao que tudo indica, mais uma vez o cavalo de Marina não terá folego pra chegar até o final. A candidata vem despencando nas pesquisas e já não consegue se manter segura na segunda posição, que poderia levá-la para o segundo turno. Ou as pesquisas estão mentindo ou Marina mais uma vez vai morrer na praia.

Eleição crua

Aguardada com tanta expectativa, depois de tantos episódios, operações, desmanches, e fatos e não fakes, a campanha política desse ano, ainda está crua. O pior é que, difícil de engolir, causa a sensação de que se tornou um prato difícil de colocar na mesa.

O interesse do eleitor

O eleitor não está interessado em participar e convencê-los a ir às urnas é o grande desafio dos candidatos. Segundo as pesquisas eleitorais, a tendência é que Jair Bolsonaro e “brancos e nulos” disputem o segundo turno. É preocupante, mas o número do percentual de votos brancos e nulos é maior do que de muitos candidatos.

Programa eleitoral

Tem sido fortes, as críticas que a campanha do MDB, representada por Mauro Mariani, vem recebendo. Conhecido por posições firmes, no mandato parlamentar, Mauro se mostra apático para o executivo. Apelidado de “trovão do Norte” nos tempos de deputado federal, o esposo de Cyntia Mariani sabe que precisa mudar a postura. Cabe ao marqueteiro, o trabalho. A informação é que o assunto foi discutido internamente, e os próximos programas serão melhores.

Buscando espaço

Às vezes esquecidas, às vezes lembradas, as rádios comunitárias de Santa Catarina, que diariamente lutam pela sobrevivência, estamos buscando o espaço que merecem, na discussão estadual. Organizadas, e com vontade de participar do processo, organizam uma série de entrevistas com os candidatos ao governo, que serão veiculadas, em todos os cantos do estado, principalmente no interior, onde são mais fortes.

Compromisso

O que as RADCOM querem é simples. Apenas um compromisso, do futuro governador, em apoiar as emissoras e contribuir para o fortalecimento delas. Dos 9 candidatos ao governo, 7 já estão confirmados. Apenas Mauro Mariani e Gelson Merisio ainda não disseram se irão permitir serem entrevistados.

Força da Acracom

A organização é da Acracom (Associação Catarinense de Rádios Comunitárias), que conta com mais de 70 emissoras associadas no estado. A associação faz frente à Acaert (Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão), que já realizou um debate, e que contou com cerca de 58 rádios transmitindo simultaneamente. As séries de entrevistas, organizada pela Acracom, começarão a ser apresentadas na próxima semana.


Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro