Close Menu

Busque por Palavra Chave

Artigo | Dez motivos para acreditar no Brasil

Divulgação/LÊ Presidente da Subseção de Chapecó da OAB, Ortenilo Azzolini Presidente da Subseção de Chapecó da OAB, Ortenilo Azzolini

*Por Ortenilo Azzolini

Neste momento crucial para a vida nacional, é fundamental pensarmos em uma série de motivos que podem ser considerados para que cada cidadão acredite mais em seu país. A seguir, algumas ideias que podem consolidar um pensamento mais harmônico e positivo para os brasileiros.

1 - O Brasil como construção de Nação, teve início em 1808 com a chegada da família real. Antes disso era apenas colônia portuguesa.

2 - Com todos os percalços enfrentados, o Brasil está entre as 10 maiores potências mundiais. Na economia, é considerado como o nono país entre as principais.

3 - Em 1990, o Brasil produziu 50 milhões de toneladas de grãos. Já no ano passado chegou a 242 milhões, há previsão segura de que em 10 anos poderá chegar a 300 milhões e em 25 anos a 400 milhões de toneladas. Juntando frutas e legumes, o Brasil produz 1,2 bilhão de toneladas de alimentos por ano e ainda produz as melhores carnes do mundo. Do Brasil depende o equilíbrio do alimento no mundo, mas poucos sabem (aliás, pergunta feita sobre isso a um grupo de estudantes de agronomia e ao próprio professor, eles não souberam responder).

4 - Com a tecnologia de hoje, se explorarmos 3% da energia solar - somente do Nordeste -, teremos energia para iluminar o mundo. Com novas tecnologias, em breve seremos a maior potência de energia renovável do mundo, e assim a energia solar será a redenção do Brasil. Poucos sabem, mas o maior parque de energia solar da América Latina está no Piauí. Inaugurado em 28 de novembro de 2017, foi construído em 690 hectares, possui 390 mil placas e gera energia elétrica para 300 mil famílias. Ou seja, 500 parques desse tamanho supririam a demanda de energia praticamente a todas as famílias brasileiras. De sobra o Brasil tem a energia eólica e elétrica. É por isso que o mundo todo quer aplicar dinheiro no Brasil. Então, poderemos fazer a infraestrutura que necessitamos e diminuir as desigualdades regionais.

5 - O Brasil tem reservas de petróleo estimadas em R$ 20 trilhões, a produção de álcool combustível vem crescendo e incrementa a economia brasileira em bilhões de reais por ano.

6 - Com projeto razoável no desenvolvimento do turismo, o Brasil poderá, em poucos anos, ficar entre os primeiros países do mundo em receitas decorrentes desta fonte. O País tem 7.500 Km de litoral (praias), além do Pantanal, da região amazônica e de outros pontos de alto potencial turístico.

7 - O Brasil possui a maior diversidade cultural do mundo. Porém, nem sabemos disso e por isso não exploramos esse potencial rico em cultura.

8 - O combate à corrupção no Brasil teve início em 2005, com a criação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Antes, todas as investigações, inclusive por meio de CPIs que envolviam altos escalões, davam em nada.

9 - No Brasil está em curso a construção da maior democracia do mundo e isso é fator decisivo para o desenvolvimento econômico e social, em qualquer continente.

10 - O Brasil possui 15% da água pura do mundo e apenas 4,9% da população mundial. Diante das dificuldades de preservação e do risco de escassez, em breve a água certamente valerá mais do que o petróleo.

Portanto, agora é o momento de dar mais um passo para desentulhar o processo político eleitoral do Brasil, nas eleições que se aproximam. Somos dirigidos pelo instrumento político. Assim, o grande debate a ser travado deve seguir no sentido de aperfeiçoar o instrumento político e não denegri-lo em decorrência das mazelas partidárias. Precisamos conhecer o Brasil para amá-lo, pois quem não ama não cuida. Brasil, ame-o não o deixe.

*Presidente da Subseção de Chapecó da OAB


Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile
Alesc Facebook - Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro