Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma
Peste Suína Setembro
Beira-Mar Casan

Editorial | A renovação no Congresso Nacional

Por: Editorial
04/10/2018 10:21

Há deputados bons e ruins. Os bons, como se sabe, são mínimos. Os ruins são todo o resto que está naquela Casa adoecida, podre, cancerígena e banhada de pus, logo que, ao longo de sua existência, viu de perto o que há de mais nocivo, venenoso e mentiroso em favor de cada um deles e dos grupos que representam.

Os valores de um bom congressista, aquele capaz de oferecer tudo em favor de sua gente e de seu país, já são praticamente nada. Tem político que está em Brasília por décadas. Eles enriqueceram-se, fizeram seus aliados tornarem-se como e, mais do que isso, afundaram o Brasil.

Toda esta meleca existe desde que o Brasil foi descoberto pelo Pedro das Tamancas. Esta nação, pobre em tudo, tudo, diz-se, de tudo mesmo, não tem compreensão do seu potencial e luz para entender sua existência para fazer história. A vida, como se pode entender, é muito pequena e, os seres vivos, buscam diminuí-la ainda mais porque, as políticas escolhidas são, sempre, o efeito observado.

Votar em novos depende muito. Novos quem? Novos otários, novos espertalhões, novos bandidinhos, novos representantes deles, isto é, seus sobrinhos, filhos, filhas, cunhadas e todo o resto de seu DNA.

Votar no novo representante é no inteligente, verdadeiro, intelectual do futuro, visionário, valente, guerreiro, honrado, sábio e soldado para todas as lutas. Se não é nesta visão, então o que é votar no que é novo. Novo é tirar os vícios e colocar a solução, o que há de mais limpo, humano, sensível em favor das pessoas. Se não for nesta linha, não vale ir às urnas.

Votar é um ato corajoso, radical e de manifestação ideológica. Quando se vota pelo ódio, como está sendo visto neste momento, morre neste veneno. E vão morrer muitos. O Brasil que sair, será de sangue, fuzil e guerra. Mudar o Congresso, colocando um novo com visões tão idiotas quanto o antigo, é o mesmo que defecar na própria boca.


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro