Close Menu

Busque por Palavra Chave

O perigo da eleição; Carlos Moisés olha-se Davi; A renovação perigosa; Começam as articulações; A força da habilidade

Por: Marcos Schettini
09/10/2018 10:27 - Atualizado em 09/10/2018 10:29
Marco Fávero/DC

O Estado e a Revolução

Não é o livro de Lênin. Mas SC e o tsumani do PSL que, silencioso, triturou o Ibope e decapitou o MDB. Neste caso, Carlos Moisés chegou se ocupando do latifúndio, então dominado, sem saber plantar ou quando colher. Ele, agora escolhido, pede socorro. Embora a indicação, está sob o efeito de uma responsabilidade que lhe chama, mas não tem como atender de imediato. É um grande quadro, saído da democracia, que nem ele mesmo acredita. O impasse é grande. Ele quer, deseja e sonha com um governo seu que não tem. Não se preparou para este desafio e, agora, nesta missão, vê-se em um fato real. Não sabia que era Davi. Agora sabe.


De Florianópolis (SC).

Rompimento

O grito eleitoral foi da ceifa do inço político. O cidadão, por sua escolha, definiu o fim em favor do novo. Agonizados, quem não chegou começa a ver quem são seus traidores e porque tropeçou. Vai ficar procurando culpados fora de si.

Juventude

SC escolheu crianças para responderem seus anseios. Fernando Krelling (MDB), Ricardo Alba (PSL), Felipe Estevão (PSL), Ana Campagnolo (PSL), Jesse Lopes (PSL), Bruno Souza (PSB) e Marcius Machado (PR), são eles a grande safra da confiança.

Confiança

Sangue novo, estes deputados são o farol da nau catarinense para o futuro. Mais do que isso, sem os vícios que as urnas expurgaram. Colocaram seus nomes para um desempenho que, mantendo-se intocáveis, vão mudar o país.

Composição

Ao lado dos mais novos, os mais adultos com igual responsabilidade. Volnei Weber (MDB), Jerry Comper (MDB), Cel. Mocelin (PSL), Sargento Lima (PSL), Laércio Schuster (PSB), Lazareno Martins (PSB) e Paulinha (PDT), fecham o quadro.

Limpeza

A presença de novos deputados federais como Daniel Freitas, Caroline De Toni, Fábio Schiochet e Coronel Armando, fecha o cerco dos ventos da mudança que, maior beneficiário, colocou o PSL, literalmente, no comando geral.

Mudança

A chegada de Ricardo Guidi a Brasília apresenta uma afirmativa que ele, acreditando na dupla com Júlio Garcia, elegeu os dois. Como João Rodrigues está aguardando o desfecho do seu pesadelo, olha para ele e Gilson Marques.

Sepultamento

É na comemoração do assassinato de Che Guevara, hoje, que a tese marxista de América Latina vai se sufocando. Fernando Haddad que acelere para, bem pensado, fugir. Sua melhor opção. Pelos números nacionais, não há leitura.

Luto

A saída de Valdir Colatto e a não ida de Hugo Biehl, mostra o agronegócio desamparado. Embora a reeleição de Celso Maldaner, um campeão, vai gritar só no Congresso em favor do agronegócio. As cooperativas não fizeram o dever.

Respostas

O sistema cooperativo que repense sua estratégia política. Ao ter os nomes de Valdir Colatto e Hugo Biehl sob suas responsabilidades para enviá-los a Brasília, mostraram-se ineficientes. Pedro Uczai, do PT, assume a causa.

Derrotado

Raimundo Colombo, não engajado na campanha de Gelson Merisio, levou junto, para o buraco, a juventude de Gabriel Ribeiro. O deputado estadual, uma promessa da Serra, viu-se dividido. O ex-governador conseguiu errar em tudo.

Vencedor

Jorginho Mello passa a ser o protagonista de 2022. Vai pavimentar 2020 na visão melhor do que foi 2018 a sua liderança. Além de uma bancada estadual, federal e ganhar o Senado, assume o controle do futuro. Vai a governador.

Pesado

A entrada de Fernando Krelling e o tropeço de Rodrigo Fachini, ambos de Joinville, mostraram os erros de Mauro Mariani. Bateu de frente com Udo Döhler ignorando-o na posse e apelido-o de canela de vidro. Pelas urnas, olhou para as pernas erradas.

Socorro

A guerra do 2° turno está ganhando altura de terror. O comandante Moisés, que está tentando descobrir o que está fazendo nesta final, vem assustando. Se der tudo errado, pode ser que dê certo para Gelson Merisio. O bombeiro apagou os ânimos.



Palhoça Você em Dia - Mobile
Covidômetro - Florianópolis - Julho
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro