Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Debate de hoje é importante; Quem é quem será conhecido; Empresas de pesquisas em descredito; Felipe Estevão no Duas Perguntas

Por: Marcos Schettini
15/10/2018 10:15 - Atualizado em 15/10/2018 10:17

O fim das pesquisas em Santa Catarina

Com o resultado mais que surpreendente destas eleições, tirando grandalhões do Senado para elevar Jorginho Mello e a ameaça de Lucas Esmeraldino no seu calcanhar, a ida de Carlos Moisés ao 2º turno deixando o MDB de fora da disputa, a derrubada de vários deputados estaduais e federais, e a subida espetacular de jovens nomes desconhecidos, qualquer que seja a pesquisa que sair de agora em diante até o dia 28, será completamente satirizada. O Ibope, campeão dos campeões no desacordo, conseguiu superar o desconhecido RealTime Big Data, então piada eleitoral. O único caminho para não caírem no ridículo, é não falarem absolutamente nada. Com isso, serão esquecidos.


Qual a sua expectativa dentro da Assembleia Legislativa?

Quando coloquei meu nome à disposição do PSL para concorrer à vaga e durante todo o processo eleitoral, sempre tive objetivos muito claros. Quero participar do processo de construção da nova política no Brasil e em Santa Catarina. O povo acordou nas urnas e também irá nos cobrar resultados do mandato. Quero atuar e discutir os principais problemas do nosso Estado. Meu gabinete terá as portas abertas, principalmente para o Sul do Estado e nossa querida Laguna, Tubarão e toda região da Amurel. Não tínhamos representante, agora temos. Os políticos têm que ser mais sensíveis às necessidades daqueles que mais precisam do Estado. Temas como Saúde, Educação e, principalmente, Segurança Pública serão olhados com carinho. Eu, junto com a bancada do partido de Jair Bolsonaro, vamos trabalhar também ao lado do governador Comandante Moisés, pelo desenvolvimento de Santa Catarina. Eu conheço bem as demandas da nossa região e vou lutar para investimentos em nosso Estado. Tenho humildade para aprender, ouvir e garantir que não irá faltar trabalho e disposição de fazer o bem para os catarinenses.

Esta onda deu qual recado para a classe política?

O envolvimento, ao invés da política de privilégios, e a necessidade de renovação, são fundamentais no atual momento do País. A população mostrou força e o desejo de mudança. A classe política teve claros sinais, que são os reflexos nas urnas, de que não vai mais aceitar calada as artimanhas e conchavos para o bem e interesse de poucos. Fizemos uma bancada de 6 deputados estaduais , todos eles estreantes na Alesc e eu não tenho dúvida que o catarinense vai se surpreender com o tipo de trabalho realizado por este time. São pessoas do bem, que lutaram muito para chegar até aqui. Iremos, sim, orgulhar a confiança dos catarinenses. Agora a batalha continua e iremos eleger Comandante Moisés e Jair Bolsonaro no segundo turno em SC e no Brasil.


Encontrão

Se na rádio em SMOeste foi o primeiro longe do vídeo, o debate de hoje à noite será fundamental para ver, mais do que nunca, quem é quem dentro da disputa eleitoral para governar SC. Gelson Merisio e Carlos Moisés vão se revelar.

Revelação

Vai ser no debate entre Merisio e Moisés que vai se ter a ideia do que representa um e outro para os destinos de SC. É um deles, na vontade dos eleitores, que vai morar na Casa d’Agronômica e fazer o Estado ir para o futuro.

Conhecimento

No debate é possível entender a realidade de cada um, seu tamanho conhecedor e a responsabilidade política. Para suas torcidas, não interessa absolutamente nada. O que está em jogo é uma questão política que cega tudo e todos.

Importância

Se as redes sociais estão influenciando para mudar a rota de compreensão do eleitor, fazendo-o acreditar em tudo que recebe, é o momento ideal para entender o equilíbrio que marca os dois nomes. Mais que ir dormir é necessário acompanhar.

Debate

Mais que um encontro entre postulantes ao Governo de SC, é uma necessidade para tirar dúvidas do eleitor que, empurrado às mensagens de redes sociais, estão dopados de todo tipo de informação falsa que é a maior campeã em 2018.

Ele

Presente na Acic em Chapecó na última sexta-feira, Carlos Moisés disse-se feliz por estar na disputa final e que novos tempos estão chegando em SC. Lembrou que não está fazendo acerto com partido nenhum e que vai governar puro.

Recado

O recado mais evidente que deu na presenta dos empresários foi a de que vai passar a ponte para chegar ao Governo do Estado e, depois, colocar fogo. A tese é de que, depois que estiver do outro lado, ninguém mais consiga este feito.

Então

O candidato do PSL se mostrou tranquilo, tirou fotos ao lado de admiradores e falou com muita calma ao lado de sua vice Daniela Reinehr que, lembrando a trajetória do impeachment de Dilma às conquistas eleitorais, disse que valeu a pena.

Ataques

As redes sociais estão servindo para ser porta-voz de todo tipo de informação que coloca em xeque a convivência entre opositores. E não tem outra maneira. Qualquer que for o resultado, vai trazer consequências gravíssimas e sem curas.

Estrago

O Partido dos Trabalhadores patrocinou, pessoalmente, a criação de todo o calvário que tem vivido. Não entendeu seu papel quando assumiu o poder. Não extinguiu nada, não deu rumo à juventude e é, por eles, que apanha nas redes sociais.

Especialistas

Criativos de deixar Nizan Guanaes, Washington Olivetto, Marcello Serpa e Duda Mendonça de boca aberta, são os marqueteiros gratuitos que marcam esta eleição. Sem as redes sociais que exploram à exaustão, é a multiplicação de votos.

Concorrência

Enquanto a equipe de marqueteiro trabalha para fazer um raciocínio capaz de fazer o eleitor pensar nos programas eleitorais, as redes sociais desfaz tudo em segundos. O WhatsApp é o profissional mais barato do PSL.



Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro