Close Menu

Busque por Palavra Chave

Editorial | Que Deus proteja o Brasil e Santa Catarina

A eleição do próximo domingo será, finalmente, o término de uma espera de anos de trabalho que os setores do mercado tanto desejaram. Agora é, se assim ficar confirmado o resultado, a vez destes comandaram o país. Se vai deixar descontentes uns, por outro, vai agradar milhões. Faz parte da democracia.

Se antes julgavam que tudo que está agora apresentado de problemas, é culpa de quem está prestes a ser derrotado, agora é a vez do outro lado dizer como e de que maneira as coisas devem ser encaminhadas.

Na verdade a política é assim mesmo, entra um, sai outro e vice versa. Até aí nada de novo. Mas as consequências é quem vai dizer se é possível garantir tudo o que foi dito e zerar erros e acertar as iniciativas.

O que se precisa, com urgência, são benfeitorias em favor da maioria. Se há fome, ela deve ser combatida com força. Diminuir o desemprego, aumentar a renda das pessoas e as oportunidades para que todos possam ter uma vida digna. Não interessa quem vença, o importante são as ações em favor do povo brasileiro que está sedento de sonhos.

Quais seriam estes sonhos? Vida digna, trabalho e crescimento em favor das pessoas simples. Quem vencer, seja Jair Bolsonaro ou Fernando Haddad, o cidadão precisa ser lembrado e enaltecido com valores existenciais que possam dar um caminho de felicidade.

Não é só ganhar uma eleição, mas conceder, à esmagadora população brasileira, uma existência digna com satisfação familiar, educação com capacitação e infraestrutura para diminuir custos e pesos orçamentais.

Quem vencer no domingo merece todo o respeito, seja de que lado for, e se tornar um parceiro permanente do vencedor para que possa fazer os ajustes necessários para um novo país de todos.

Seja quem for, como deve ser a vontade da sociedade em sua escolha, que o Brasil fique forte, livre e soberano para todos, sem exceção de cor, religião, sexo e gênero.

A democracia precisa de valentes e compromissados com sua fortificação e defesa. Não se pode aceitar que ela fique sujeita às dúvidas e fragilizações. O que se necessita é de respeito, luz e seriedade com cada brasileiro em qualquer lugar. O País que se quer é livre, com idas e retornos garantidos, física e verbalmente. A liberdade é o melhor presente que se deve sair das urnas. Viva o Brasil.


Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro