Close Menu

Busque por Palavra Chave

Venceu o Brasil, venceu Santa Catarina!

Divulgação/LÊ O presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro (PSL) O presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro (PSL)

Estou escrevendo esta coluna exatamente às 20h30 do dia 28 de outubro de 2018, sob o som ensurdecedor de buzinas e fogos de artifício. Seria assim em praticamente em todo o território nacional.

Viva a democracia, viva o poder de escolha, o poder do voto! No Brasil venceu o que estava previsto, venceu Jair Messias Bolsonaro, o Capitão Bolsonaro.

A partir do dia 1º de janeiro esse homem que curiosamente tem no nome Messias será o responsável de devolver ao brasileiro a honra, a dignidade, o respeito a cada cidadão brasileiro tão castigado pelos últimos governos pela roubalheira, pela safadeza e pelos assaltos em que fomos vítimas nos últimos governos ou alguém será que ainda quer discutir a respeito disso?

Viva a Lava-Jato, viva a Polícia Federal, o Ministério Público, viva a Justiça brasileira, que realmente se impere a Ordem e Progresso, palavras impressas e que não estavam sendo benditas em nosso símbolo maior, a bandeira brasileira.

Que Bolsonaro devolva o patriotismo, mas que também dê a cada brasileiro mais poder de compra, e que definitivamente o IDH se rompa e que o Brasil seja um só.

Em Santa Catarina, como este colunista também já previa, venceu pela maior margem de votos já registrada no estado entre candidatos a governador, Comandante Moisés terá a responsabilidade de demonstrar que é sim capacitado e montar uma equipe estritamente responsável e fazer de Santa Catarina um estado ainda melhor, que saia da morosidade dos últimos anos e dê a ele mais dinâmica em todas as regiões do estado, especialmente à nossa região, lembrando que a vice-governadora é de Chapecó.

Moisés venceu em Xaxim, venceu em Chapecó, venceu em uma eleição épica e marcante, mostrando que o eleitor se baseia não somente na capacidade mas no histórico e em outro dado, o brasileiro está dizendo não para a reeleição.

Chega sempre dos mesmos grupos, dos mesmos nomes, dos mesmos conchavos.

Como saber o que se fez em outras administrações se não se muda os administradores?

O Rio Grande do Sul é o maior exemplo deste país, mostrou isso novamente ontem, Eduardo Leite venceu Sartori.

Por fim, esta segunda-feira amanhece com um horizonte baseado em um novo amanhã, em um novo horizonte, em novas esperanças tanto pra Santa Catarina, tanto para o Brasil.

Nasce um gigante chamado PSL, nasce uma nova esperança e que desta vez se traduza em ações e que estas dessa vezes, o beneficiado seja o povo brasileiro e não os políticos.

Chega de tanto roubo!


Palhoça Você em Dia - Mobile
Covidômetro - Florianópolis - Julho
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro