Close Menu

Busque por Palavra Chave

COMEMORAÇÃO

Caps de Xaxim realiza confraternização de fim de ano

Por: Janquieli Ceruti
15/12/2016 15:52 - Atualizado em 15/12/2016 15:54
Integrantes do Caps de Xaxim confraternizaram na manhã desta quinta-feira  (Fotos: Janquieli Ceruti/LÊ) Integrantes do Caps de Xaxim confraternizaram na manhã desta quinta-feira (Fotos: Janquieli Ceruti/LÊ)

“Não tenho palavras suficientes para explicar a alegria de estar com meus amigos confraternizando neste final de ano. Integro o grupo desde 2005, quando busquei um rumo diferente para a minha vida. Tenho certeza que nem estaria mais vivo se não tivesse me unido ao pessoal do Caps. Antes eu vivia para tomar cachaça, já hoje tenho uma relação maravilhosa com minha família. A minha esposa está aqui hoje, confraternizando com a gente, pois agora temos diálogo. O Caps me deu uma nova vida, amigos e esperança”. O relato emocionante é de Valdir Arruda, integrante do grupo “Unidos Venceremos” do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Xaxim, que esteve em festa na manhã de ontem (15).

Coordenado pela psicóloga Graziele Farina, o grupo se encontra todas as segundas-feiras, às 8h30, para refletir sobre o cotidiano e os benefícios do distanciamento dos vícios. Mas, nesta quinta-feira, o encontro foi especial. Além de integrar os participantes, a atividade oportunizou o acesso ao lazer que, conforme Graziele, “é uma estratégia importante no processo de reabilitação social”. Ainda conforme ela, “durante a confraternização foi realizado, juntamente com equipe e pacientes, um almoço. Essas atividades contribuem para o tratamento dos usuários e é gratificante para nós ver a alegria estampada nos olhos de cada um. Foram levantadas reflexões e depoimentos de alguns momentos do ano, que contribuem para o fortalecimento pessoal e do grupo.”

O Caps, que é vinculado à Secretaria de Saúde de Xaxim, é um serviço aberto, comunitário e gratuito. Com a função de prestar atendimentos às pessoas com grave sofrimento psíquico, o Caps busca amenizar, tratar crises e auxiliar na recuperação da autonomia e reinserção nas atividades. “A motivação é diminuir e evitar internações psiquiátricas, além de resgatar os laços familiares e afetivos, e articular as redes de serviço”, expõe a coordenadora.

E é só conversar com o seu Luiz Carlos Zanatta para sentir que as ações estão funcionando. Participante do Caps há 10 anos, ele emocionou-se ao contar que, com o passar dos anos, fez grandes amigos no Caps. “Temos que festejar a vida, a saúde e a felicidade. Perdi quatro irmãos para o alcoolismo e estava indo para o mesmo caminho. Graças a Deus, à família e ao Caps consegui mudar de vida e quero estar com eles até morrer. Até que eu tiver vida vou frequentar o Caps.”


Outras Notícias
Alesc - Julho
Fiesc Setembro
Zagonel
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro