Close Menu

Busque por Palavra Chave

Artigo | Atenção ao Oeste

Por: LÊ NOTÍCIAS
06/11/2018 14:14 - Atualizado em 06/11/2018 14:15
MB Comunicação Mário Cezar de Aguiar, Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) Mário Cezar de Aguiar, Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc)

*Mário Cezar de Aguiar

Ao longo de sua história, o Oeste de Santa Catarina sempre enfrentou muitas adversidades para seu desenvolvimento econômico e social. Distante dos centros consumidores, com infraestrutura de transporte e de energia cronicamente precárias, a região teve que vencer uma infinidade de obstáculos para, sob a liderança de visionários empreendedores, construir uma agroindústria modelo no Brasil e no mundo. Outros setores prosperaram na região, como é o caso de móveis, madeira e construção, contribuindo para que Santa Catarina alcançasse um crescimento econômico diversificado e equitativamente distribuído entre suas regiões.

Ao instalarmos a diretoria da Fiesc por uma semana no Oeste catarinense, pudemos nos aproximar mais, dialogar e conhecer mais profundamente os desafios enfrentados. Ainda que a qualidade e a produtividade das indústrias sejam de padrão internacional, existem problemas que comprometem o bom desempenho da região numa economia globalizada e cada vez mais competitiva. A precariedade dos transportes prejudica o escoamento da produção, os deslocamentos internos e a chegada de grãos, essenciais para a cadeia agroindustrial. Nas reuniões, também ouvimos relatos preocupantes de problemas de confiabilidade no abastecimento de energia, com interrupções severas e frequentes, que trazem desafios a setores como o de alimentos.

Apesar dos entraves, nenhuma indústria que visitamos fez menção à crise, e diversas crescem a taxas anuais de 30%. É essa determinação em transpor qualquer obstáculo que explica porque a região se desenvolve, mesmo em cenários adversos. Em suma, a região oferece uma importante contribuição à geração de riquezas ao Estado e ao País, mas se tiver mais atenção, pode fazer muito mais. Portanto, além de ser uma questão de justiça, investir no Oeste é estratégico para manter o equilíbrio do desenvolvimento regional do Estado e a qualidade de vida dos catarinenses.

*Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc)


Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro