Close Menu

Busque por Palavra Chave

Li, Vi e Ouvi | Partilha, compaixão e ouro

Por: João Lamarque de Almeida
19/11/2018 09:40 - Atualizado em 01/07/2020 11:03

O lugar da partilha

Qualquer sociedade ou família que desprezar a importância da solidariedade, da lealdade, da dignidade e da amizade estará apodrecendo valores essenciais e, nesta condição, preparando-se para uma vida que, além de curta, ainda será pequena. Há grande risco em admitir o individualismo, a postura egocêntrica que costuma redundar em convivência predatória. Porém, há muitos homens e muitas mulheres que rejeitam tal posição e, em vez de ficarem bradando por aí “alguém tem que fazer alguma coisa”, juntam-se para fazer o que pode e precisa ser feito. É possível, sim, recusar o fratricídio crescente e aderir a princípio de compartilhamento da vida que nos impeçam de lembrar o que escreveu Millôr Fernandes. “´É preciso ter sem que o ter te tenho”.

Compaixão - alma da medicina

A missão do médico tem como desafio aliar harmonicamente, de um lado, o seu conhecimento tecno-científico sempre atualizado e de outro, sua sensibilidade humana que se traduz num comportamento compassivo e misericordioso para com quantos sofrem no corpo e no espírito. A compaixão é a alma da medicina. A compaixão não é ter pena, é um sofrer, como uma resposta feita de respeito, compreensão e ternura, porque o valor sagrado da vida do doente nunca desaparece, nem se obscurece, mas brilha com mais força, exatamente no seu sofrimento e na sua vulnerabilidade. Em suma, é colocar na prática o grito profético de São Camilo de Lellins de que, para cuidar dos doentes, necessitamos sempre ter a sensibilidade de “colocar o coração nas mãos”.

Maior folheta de ouro

No Brasil, o ouro foi encontrado pela primeira vez nas proximidades de Cuiabá (MT). Segundo mineralogistas de renome, a maior folheta de ouro do mundo foi encontrada em Goiás e pesava cerca de 45 libras, perto de 23 quilos. A segunda foi encontrada nas Antilhas e pesou 16 libras.

Pensamento

A verdade é dura como diamante e delicada como a flor de pessegueiro.

- Gandhi


Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro