Close Menu

Busque por Palavra Chave

Espelho Político | Costuras políticas começam; Eleições particulares se acirram, a eleição para a presidência da Câmara dos Deputados

O novo

Passado o Brasil a limpo, ou quase isso, no processo eleitoral que se findou, há uma grande expectativa, pela nova política, pelo novo. Discurso da maioria dos candidatos que elegeram pela primeira vez, a renovação é o tom principal, que deverá pintar os quadros da política brasileira, a começar pela Câmara dos Deputados.

Engate

Como no Brasil, uma eleição puxa a outra, já que de dois em dois anos os brasileiros vão as urnas, e esse colunista, é contra esse modelo, mas isso não vem ao caso, as eleições são engatadas, faz-se uma, já pensando na outra. É o deputado que se elege, com o apoio do prefeito, depois o prefeito que se elege com o apoio do deputado, e por aí vai.

Complementar

Dentro desse contexto, eleições particulares, complementam o cenário. É a eleição da presidência da câmara, e da mesa diretora do senado, da qual o presidente participa, a eleição da presidência da Assembleia Legislativa, da qual participa o governador, e como não fica de fora, a eleição da Câmara de Vereadores, da qual os prefeitos sempre se interessam.

Costuras

Em todos esses processos, uma coisa não pode faltar: articulação. Na maioria das vezes, o mais articulado vence, quem melhor construir, consegue chegar ao objetivo final, e a estratégia precisa ser definida, antes de o jogo começar.

Câmara dos Deputados

Principal eleição que se aproxima, a disputa pela presidência da câmara dos deputados, promete ser acirrada. Colocado como favorito por uns, Rodrigo Maia, já citado outras vezes por esse colunista, desponta como o principal nome. O carioca, que foi eleito pra um mandato tampão, depois da cassação do seu conterrâneo, Eduardo Cunha, não representa em nada, a política diferente que o eleitor quer ver.

Aposta

Rodrigo desafia a nova política, e vem recorrendo ao sistema antigo, pra tentar manter o comando da câmara federal. Na próxima terça-feira, está marcado um jantar, que será oferecido por Maia, para 40 parlamentares. O deputado aposta, no bom trânsito que tem com os líderes partidários, e na força do centrão, grupo de deputados que outrora, comandados por Cunha, passaram a ser liderados por Rodrigo, quando o emedebista caiu, para continuar onde está, presidente da câmara e na linha sucessória do Planalto.


Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro