Close Menu

Busque por Palavra Chave

As mulheres no cooperativismo

Por: LÊ NOTÍCIAS
21/12/2016 09:01
(Foto: Alfa Comunicação Empresarial) (Foto: Alfa Comunicação Empresarial)

Por Delbora Machado

Diretora-geral da Unicred Oeste e Serra

Há inúmeros desafios em ser mulher na nossa sociedade. Ao longo dos anos, grandes barreiras pessoais e profissionais foram superadas, no entanto, há ainda um importante caminho a ser percorrido. Uma jornada que se mostra mais fácil quando acompanhada de união e conhecimento. É por conta disto que, por exemplo, as cooperativas em todo o país percebem cada vez mais o protagonismo feminino.

Dados nacionais apontam que mais da metade, em torno de 52%, dos cooperados são mulheres. Isto mostra que, além de avançarem no mercado de trabalho, elas também buscam o cooperativismo como forma de manterem-se juntas umas das outras. Um reflexo da unidade necessária para romper com preconceitos que envolvem as mulheres à frente dos negócios ou em posições de liderança. O que faz com que, ano após ano, o número de cooperadas aumente. Em Santa Catarina os últimos números apontam para aproximadamente 14% em cada período, o que significa dizer que quase 30% dos cooperados no Estado são mulheres.

Um espaço para aprendizado, crescimento e apoio para realização dos próprios sonhos. Dentre as cerca de sete mil cooperativas existentes no Brasil, mil estão no setor de crédito. É nesse ambiente que as mulheres dão um passo fundamental para organizar as economias da casa, investir no próprio negócio e lutar para tornar realidade tantos projetos.

Esta é uma oportunidade para que elas possam, por exemplo, ter acesso a produtos e serviços que necessitam. Além disso, a organização democrática das cooperativas permite que as cooperadas tenham condições reais de empoderamento, participando ativamente das decisões do grupo e com igualdade perante aos demais membros, realidade muito diferente do que ocorre em outras organizações e instituições. É necessário ressaltar que este é um meio de melhorar a situação econômica, social e cultural dessas mulheres.

São inúmeras as capacidades e habilidades femininas que podem contribuir com processos importantes em todos os espaços, inclusive dentro das cooperativas, local em que conquistam cada vez mais liderança. É perceptível que a união propiciada pelo cooperativismo permite que sonhos sejam concretizados, reforçando o empreendedorismo de mulheres em todo o mundo. Um passo de extrema importância para toda a sociedade.


Anúncio Radial 2
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile
Alesc Facebook - Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro