Close Menu

Busque por Palavra Chave

Obras do Centro de Inovação e Tecnologia de Chapecó estão 80% concluídas

Prefeitura de Chapecó Expectativa é entregar a obra em agosto, durante as comemorações dos 102 anos de Chapecó Expectativa é entregar a obra em agosto, durante as comemorações dos 102 anos de Chapecó

Uma obra que irá modernizar o setor econômico de Chapecó, impulsionando novas tecnologias e conhecimentos, está em estágio avançado. A edificação do prédio administrativo do Centro de Inovação Tecnológica de Chapecó “Prefeito Ledônio Faustino Migliorini” está com 80% das obras concluídas. Na tarde desta quinta-feira (24), o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, vistoriou o andamento dos trabalhos. A visita foi acompanhada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcio Sander, pelo reitor da Unochapecó, Claudio Jacoski, pelo proprietário da empresa responsável pela obra, Antônio Foscarini e equipe de engenharia.

Neste momento, os serviços estão na fase final, restando 50% da parte elétrica, climatização, forros, pintura, esquadrias de vidro, instalação de elevador e paisagismo. A expectativa é entregar a obra no mês de agosto, durante as comemorações dos 102 anos de Chapecó.

O empreendimento está localizado na região da Grande Efapi, em uma área doada pela prefeitura com 9.580m2, ao lado da Unochapecó. O prédio administrativo terá 3.100m2 e foi orçado, inicialmente, em R$ 7.249.417,41, recursos oriundos do Governo do Estado de Santa Catarina. Segundo o secretário Marcio Sander, dentre os principais objetivos do projeto estão “o aprofundamento na área da pesquisa científica e tecnológica e a disseminação da cultura do empreendedorismo na região, além da geração de novos negócios pautados pelo município”.

O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, destacou o empenho das lideranças público-privadas para a concretização deste projeto. “Este espaço é inovador, irá facilitar o empreendedorismo e representa uma conquista singular para a economia de Chapecó. O segmento de Ciência, Tecnologia e Inovação é uma aposta do Município para o segundo Centenário, por isso o poder público contribui para fomentar o setor que já é uma vocação de Chapecó e apresenta indicadores que surpreendem. Estamos impulsionando o surgimento de novas matrizes econômicas, através de ações desenvolvidas entre a Prefeitura, as empresas que investem e qualificam a mão-de-obra e as Universidades, que geram pesquisas e novos conhecimentos”, ressaltou o prefeito.

A obra iniciou em 2014 e o município precisou rescindir o contrato inicial com a empresa vencedora do processo licitatório por descumprimento de prazos. Um novo edital foi lançado e a Construtora Foscarini Eirele, de Concórdia, foi homologada para concluir a obra. Nesta nova fase, R$ 3.816.063,64 estão sendo investidos, oriundos do Fundo Pró-Emprego (Governo do Estado de Santa Catarina).

O investimento do Estado foi descentralizado, com o compromisso do Município e da Universidade viabilizarem a obra. São parceiros do projeto a Unochapecó, Fundação Universitária de Desenvolvimento do Oeste (Fundeste), Prefeitura de Chapecó, Acic, Inova@SC e o Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável.

Denominação do Centro é homenagem a ex-prefeito

A Câmara de Vereadores aprovou Lei de autoria do Executivo que denomina o Centro de Inovação Tecnológica de Chapecó “Prefeito Ledônio Faustino Migliorini”.A Lei, em homenagem ao ex-prefeito, foi sancionada por Luciano Buligon em 17 de dezembro de 2018.


Outras Notícias
Fecam
OktoberFest
CORAÇÃO DE SC
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro