Close Menu

Busque por Palavra Chave

Na Essência | Os trotes da discórdia!

Por: Júnior Chisté
18/02/2019 10:43

O que dizer, comentar ou falar sobre o que você vai ler a seguir?

Foi tema nacional nas principais redações dos grandes portais de notícias do país, especialmente na última sexta-feira.

Evidente que a instituição de ensino não tem como coibir ou acompanhar e até mesmo ser responsável pelo que é realizado além de seu Campus Universitário.

Mas fico me perguntando: e quanto aos acadêmicos, as pessoas envolvidas, não pensam no que estão fazendo ou nas consequências?

Promissores profissionais, jovens que deveriam ao invés de inventarem algo dessa natureza estarem preocupados em realmente se comprometerem com o que está por vir, não é?

SEGUE A MATÉRIA:

Fotos de um trote com calouros aplicado por estudantes de uma das turmas do curso de Odontologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), em Joaçaba, no Oeste catarinense, têm gerado repercussão nas redes sociais. As imagens, que mostram estudantes que simulam atos sexuais uns com os outros, causou indignação entre os internautas. O caso ocorreu fora da instituição de ensino, que repudiou a ação e disse que irá tomar providências administrativas junto aos organizadores da ação.

Segundo o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Unoesc, o caso foi registrado na última quarta-feira (13), por volta do meio-dia, fora da instituição de ensino. As aulas na universidade começaram na segunda-feira (11).

Em nota, o DCE afirmou que é contra o trote coercitivo, humilhante, abusivo e com teores machistas. "Destacamos também que não vamos, nesta situação, fazer curso, turma ou pessoas carregarem a cruz por uma cultura estúpida que ocorre há anos em trotes universitários. Esperamos que fatos assim não ocorram mais e, se tornarem a ocorrer, trataremos de penalizar os envolvidos com a exclusão dos eventos organizados pelo DCE", informou o representante do diretório.

Ainda segundo o DCE, o trote praticado pelos cursos costuma ser solidário. O ocorrido foi um equívoco e não acontece com frequência.

Também por meio de nota, a Unoesc informou que não compactua com trotes violentos e humilhantes e disse que tomará providências administrativas junto aos organizadores do episódio.

A instituição também orientou os alunos que se sentirem ofendidos ou intimidados a entrarem em contato com a coordenação do curso. "A sociedade de hoje quer pessoas que tenham empatia e que respeitem seu próximo. Por isso, a Portaria n. 31/UNOESC-R/2013 incentiva a prática de trotes educativos e solidários".

A atlética do curso de Odontologia da Unoesc pediu desculpas sobre o caso. "Em nome de todos os alunos do curso de odontologia gostaríamos de pedir desculpas aos calouros pelo acontecido de ontem. Também pedimos desculpas se vocês foram constrangidos e expostos por pessoas que não são do curso e também não estavam presentes durante o ocorrido".


Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile
Alesc Facebook - Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro