Close Menu

Busque por Palavra Chave

Editorial | Vai Xaxim, vai para seu trono de beleza

Por: LÊ NOTÍCIAS
20/02/2019 11:00 - Atualizado em 20/02/2019 11:21
Fernando Fiorentin

A vida municipal sempre é difícil. Não é fácil viver em comunidade. As pessoas, sempre individualistas, querem apenas para si e, se der, o restante para os outros. O ser humano é um tolo. Se mudasse sua idiotice, sendo mais cordial, leve, atencioso, grato, somativo, simples e sociativista, tudo seria bem mais fácil. Mas a realidade é bem outra.

O membro do município quer que as soluções sejam, sempre, para si mesmo. Ele sai de sua casa para bater na porta dos vereadores e do prefeito, às vezes na casa do vice-prefeito, para pedir coisas para sua preocupação. Ele não pensa na maioria de seus irmãos comunitários. Não vai às reuniões do seu bairro, não participa das discussões na Câmara de Vereadores, não elogia o que está sendo feito de bom e, quando tem lado partidário, vai às rádios, às redes sociais, às ruas, gritar pelo que não gosta.

Política de unidade, em favor de todos, para todos e na qualidade de vida de todos, jamais é um caminho para a melhoria da municipalidade. A divisão partidária, de famílias que sempre mandaram e desmandaram na municipalidade, joga na política uma disputa que, no final, o prejudicado maior é o cidadão.

Ficar desassistido porque a prefeitura pertence a grupos de poder, é o maior dos desafios da cidadania. Os novos tempos desejam mais transparência, mais investimentos discutidos e sem partidarização das ações públicas.

Xaxim faz 65 anos e deveria, já neste momento, estar em melhor posição econômica e política. As divergências de lideranças que se entendem inteligentes, mas no geral, são tolas e de fraqueza política, é de destruir bem mais o que se deseja alcançar. Fazer aniversário é pelo aplauso de todos. Quando se vai a um aniversário, não se vê ninguém gritando contrário, mas a manifestação de felicidade, alegria, por mais um ano de vida alcançado. As pessoas passam, mas Xaxim vai ficar. Assim deve ser.

Se todos entenderem menos de individualidade, menos de partidarização, menos idiotice das falsas lideranças, menos descompromisso, menos mentiras, Xaxim pula dez anos em um. Não é fácil contentar a todos, mas é bem mais fácil todos se contentarem com as conquistas. Se não deu para fazer tudo, a culpa, de fato, é sua.
Ser culpado por ser um idiota, é mais duro que o atraso de um povo.

Feliz aniversário, Xaxim. Você merece chegar ao futuro.


Alesc - Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro