Close Menu

Busque por Palavra Chave

DESAPARECIDA

Família implora para que filha adolescente retorne para casa no interior de Xaxim

Por: Janquieli Ceruti
24/01/2017 09:41 - Atualizado em 24/01/2017 09:53
Nadjnara saiu de casa na manhã desta segunda-feira (23)     (Fotos: Reprodução/Facebook) Nadjnara saiu de casa na manhã desta segunda-feira (23) (Fotos: Reprodução/Facebook)

Nadjnara de Paula Gonçalves da Rosa, de 14 anos, moradora de Xaxim/SC, está desaparecida. A adolescente, que morava com os pais na linha Terceira, interior do município, deixou uma carta à família antes da fuga e teria sido vista por vizinhos ao deixar a casa por volta das 11h30 da manhã desta segunda-feira (23). Conforme Neiva, mãe da jovem, o pai de Nadjnara teria saído meia hora antes para trabalhar e percebido a falta da filha ao retornar para casa horas depois. No guarda-roupa, algumas peças também haviam sumido.

A xaxinense, que estudava na Escola de Educação Básica Gomes Carneiro, escreveu uma carta e fixou na geladeira. Nesta, Nadjnara cita o amor que sente pelos pais e pela irmã, de 12 anos, e conta que estaria saindo de casa para não incomodar mais eles. “Mãe e pai cobram pelo bem dos filhos, não se pode deixar eles fazerem somente o que querem. Ela inventou umas mentiras no colégio e o pai discutiu com ela. Acho que isso pode ter afetado. Mas, ela não tem motivo para sair de casa. Por mais que ela esteja bem, eu não dormi pensando na motivação dela ter feito isto. Ela é uma menina tranquila e que aparentava estar bem. Nós trabalhamos por ela e pela irmã. Procuramos dar o melhor. Ela tem de tudo”, conta a mãe.

Ao , Neiva mandou um recado à filha. “Volta pra casa! Estou desesperada. Se nós fizemos alguma coisa, peço que nos perdoe. Eu e seu pai amamos você! Não tenha medo de voltar para casa, pois nós vamos te acolher com todo o amor”, implora a mãe em desespero.

Na manhã desta terça-feira (24), Neiva e o esposo procuraram o Conselho Tutelar do município e contaram que até então não havia informação de um possível namorado ou outra pessoa que a motivasse a fugir. “Não temos informação nenhuma. Tentei falar com as amigas delas, mas ninguém conta nada. Até agora nós não acreditamos que ela tenha fugido com alguém”.

Além das polícias Civil e Militar, a comunidade também pode ajudar a encontrar a adolescente. Se tiver qualquer informação que possa colaborar com a família, ligue para (49) 34531468 / (49) 988904377 / (49) 991396459.


Outras Notícias
Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Governo do Estado - Juntos somos mais fortes
Prefeitura de Palhoça - IPTU
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro