Close Menu

Busque por Palavra Chave

AQUI TEM GOVERNO

Disputa pela prefeitura esquenta; Paulinho Bornhausen deixa o PSB órfão; O novo velho MDB

Por: Weliton G. Lins
12/04/2019 11:58

Fora

O ex-deputado candidato ao Senado, derrotado na eleição de 2014, Paulinho Bornhausen definiu aquilo, que todos já sabiam e que inclusive o Tá na Rede comentou: está de saída do PSB. Procurando construir um novo projeto partidário, Paulinho se reuniu nesta semana com a liderança nacional do partido, para dizer que não irá continuar junto com os socialistas. Definindo ainda, qual caminho seguir, o filho de JKB está com um pé no Podemos, do senador e candidato a presidência da República em 2018, Álvaro Dias.

Órfãos

O PSB de Santa Catarina, dessa forma, fica órfão de um grande pai, se a criança cresceu, e atingiu a maioridade, quem criou foi Paulinho. Com grande desempenho nas últimas eleições, o partido mudou de patamar, elegendo 1 deputado federal e 3 estaduais. Missão cumprida.

Consequência

A consequência da saída do pai poderá ser a debandada dos filhos. Orientados sempre por Paulinho, algumas lideranças poderão segui-lo em outro projeto. O momento é de avaliação dos cenários.

Majoritária

São os vários os partidos que querem estar na majoritária na eleição do ano que vem, em Xanxerê. Na Capital do Milho, que provavelmente não verá Avelino Menegolla tentar a reeleição, o que não falta é candidatos dispostos a ocupar seu lugar. As pretensões vão desde presidentes de partidos, vereadores, novatos e experientes, a ex-candidatos.

Xanxerê 2020

O projeto Xanxerê 2020, já tem sido discutido em várias reuniões internas. No Democratas, do vereador e presidente, Nathan Moreira, se fala no salto maior que o vereador pode dar. No PR, do senador Jorginho Mello, os nomes lembrados são do assessor do deputado Nilson Berlanda, Renato Muniz, e do agora coordenador do partido na região, Leandro Vigo.

Xanxerê 2020 II

No MDB, do vereador Vilson Piccoli, Adenilso Biasus é sempre lembrado. Acontece que Piccoli tem o desejo de disputar a prefeitura e se o partido não lhe der essa oportunidade, poderá buscar outra sigla. No PSDB, do vereador Wilson Martins, o próprio é candidato. Com discurso que remete a isso, sempre que se dirige a Administração Municipal, Wilson incorpora a candidatura e tenta fazer o grupo crescer.

Xanxerê 2020 III

No campo da esquerda, a única candidatura que se apresenta é a do PT. Com três nomes, sendo eles os vereadores Adrianinho e Lenoir Tiecher, além do professor Alessandro Antonioli, candidato na última eleição, os petistas querem mais do que surpreender. Prometem chegar fortes.

Diferente

O MDB, pós 2018, já não é mais o mesmo. Com outra cara, elegendo gente nova e adotando postura diferente, o partido vai aos poucos escanteando alguns nomes, para que outros assumam uma posição no centro. Se quem foi grande já não é mais, quem um dia viu o partido sendo construído, sabe que chegou o momento de ajudar a reconstruir. 2020 vem aí, e o grande teste de força, serão as municipais.


Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro