Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Primeira assessoria de imprensa de Chapecó, Extra Comunica completa 30 anos de atividades

Por: LÊ NOTÍCIAS
03/05/2019 15:23
Extra Comunica Primeira assessoria de imprensa da iniciativa privada em Chapecó surgiu em 4 de maio de 1989 Primeira assessoria de imprensa da iniciativa privada em Chapecó surgiu em 4 de maio de 1989

Explicar de forma detalhada o tipo de atividades que seriam executadas, os benefícios e possíveis resultados, numa época em que o trabalho de prestação de serviços de assessoria de comunicação no âmbito da iniciativa privada era inexistente na região Oeste Catarinense. Esse foi um dos desafios enfrentados, há 30 anos, ao ser criada em Chapecó a primeira empresa de assessoria na área de comunicação social, a Extra Comunica. A concretização desse projeto, efetivado em 4 de maio de 1989, resultou de perspectiva vislumbrada em um nicho de mercado pelos jornalistas Mariangela Iop de Oliveira e Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira.

A iniciativa de criar a Extra Comunica, que também foi uma das pioneiras em Santa Catarina, decorreu do objetivo de prestar serviços de divulgação, especialmente por meio do trabalho de assessoria de imprensa e publicação de informativos, para entidades e empresas. Essa possibilidade surgiu da experiência na área, por parte dos fundadores, os dois primeiros jornalistas formados a trabalhar em Chapecó, desde janeiro de 1978, depois de concluído o curso na Universidade Federal de Santa Maria. Mariangela, que veio a falecer em agosto de 2012, havia trabalhado na Rádio Chapecó e como assessora de Comunicação Social da Prefeitura de Chapecó e Hugo também possuía atuação anterior na Rádio Chapecó e era gerente de Comunicação das Organizações Chapecó, então o terceiro conglomerado agroindustrial do País.

Outro desafio foi identificar os prováveis clientes, em vista das necessidades que apresentassem para implementar um processo de comunicação à opinião pública, além de estreitar o relacionamento com os profissionais da imprensa. Assim, os dois primeiros clientes foram a Auto Viação Chapecó, trabalho esse que começou 20 dias após criada a empresa e que permanece até hoje, e o segundo o então Hospital Santo Antônio, com assessoria que iniciou dois meses após a fundação da Extra e foi até 1992.

Atuação dirigida

Nestes 30 anos, a Extra Comunica tem pautado sua atuação dirigida para empresas, entidades empresariais e associativas, instituições de ensino e eventos, com a característica de desenvolver um trabalho estreito com os clientes e com visão para os receptores das informações. Assim, as ações de assessoria de imprensa são executadas como atividade técnica: “É uma atuação para atender as expectativas dos clientes, mas, além disso, pensando nos beneficiários desse trabalho, individualmente ou em nível de massa, a partir do que se faz para cada cliente”, afirma o fundador.

Atualmente são realizadas, além de assessoria de imprensa, atividades de publicação de revistas e jornais impressos, edição de informativos online, produção de conteúdo e gestão de mídias sociais. “Isso é feito com base nos critérios técnicos do jornalismo e dentro do absoluto respeito à ética, considerando que a informação consistente e verdadeira baliza a credibilidade junto aos profissionais da imprensa e aos assessorados”, destaca Hugo.

A Extra Comunica tem como filosofia de trabalho a “Comunicação com Respeitabilidade”, com base nos pressupostos da experiência, da credibilidade e dos resultados. Outro conceito adotado, no campo da ética, é de não prestar serviços para organismos públicos e entes políticos, de acordo com o fundador “como forma de eliminar, diante da atuação perante os assessorados, possíveis conflitos de interesse”.

Dificuldades iniciais

Uma das dificuldades iniciais foi, exatamente, no aspecto da comunicação, visto que a internet então era discada. Assim, os conteúdos informativos - fotocopiados para o número de veículos existentes na cidade - eram entregues impressos nos veículos de imprensa, depois passaram a ser remetidos por fax e após passou-se a utilizar os disquetes, entregues em cada meio de comunicação. Mais tarde, com a agilidade da internet passou-se a utilizar o e-mail.

Nos primeiros anos de atividades, foram utilizadas máquinas de escrever manuais – Olivetti Lettera 22 e Remington – e depois uma elétrica Facit. Os textos eram datilografados em laudas de 25 linhas e 72 toques, padrão na época. A seguir, com a evolução da tecnologia, passou a ser utilizado o primeiro computador, um modelo XT 286, seguindo-se o 386 e o 486.

Fidelização de clientes

Em sua história, a Extra tem destaque na fidelização dos clientes. Atualmente, são eles: Auto Viação Chapecó, há 30 anos; Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom), 28 anos; Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec), 23 anos; Mantomac - Máquinas, Peças e Serviços, 15 anos; Grupo GV/Inviolável Segurança Chapecó, 13 anos; Centro Empresarial de Chapecó (CEC), 10 anos; Shopping Pátio Chapecó, nove anos; e Apae Chapecó (assessoria de imprensa em caráter voluntário), há oito anos.

Além disso, outra fidelização está no quadro de funcionários, que normalmente perduram por anos e anos na empresa, destaca o fundador. A primeira funcionária, Cátia Regina Bertoti Dornelles, está há 28 anos na Extra.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro