Close Menu

Busque por Palavra Chave

RESPONSABILIDADE

Pedro Uczai (PT) integra colegiado da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados

Por: LÊ NOTÍCIAS
03/02/2017 08:56
Democracia e liberdade interna serão bandeiras de Uczai (Foto: Janquieli Ceruti/Arquivo/LÊ) Democracia e liberdade interna serão bandeiras de Uczai (Foto: Janquieli Ceruti/Arquivo/LÊ)

O deputado federal Pedro Uczai (PT/SC) foi eleito com 377 votos para compor o colegiado de parlamentares que irá conduzir a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados no biênio 2017-2019. A votação que escolheu individualmente os 10 integrantes da Mesa ocorreu na tarde desta quinta-feira (02). O parlamentar petista foi indicado para representar a chapa PT/PDT/PCdoB que teve como candidato à Presidência o deputado André Figueiredo (PDT). O deputado da base governista Rodrigo Maia (DEM) foi eleito e continuará presidindo a Câmara.

O PT tem a maior bancada de oposição ao governo e a segunda maior do Parlamento com 58 deputados. O regimento interno assegura o direito da representação do partido na Mesa. “Art. 8º - Na composição da Mesa será assegurada, tanto quanto possível, a representação proporcional dos Partidos ou Blocos Parlamentares que participem da Câmara, os quais escolherão os respectivos candidatos aos cargos que, de acordo com o mesmo princípio, lhes caiba prover, sem prejuízo de candidaturas avulsas oriundas das mesmas bancadas”, diz o texto.

Uczai reafirmou seu compromisso de atuar com o bloco parlamentar de oposição ao Governo. “Queremos garantir questões centrais no Parlamento como a democracia interna, a pluralidade, a independência e a soberania em relação ao executivo. O Parlamento brasileiro precisa altivez e não se ajoelhar ao executivo como acontece hoje no Congresso Nacional. Não queremos uma agenda legislativa atropelada e só de retrocessos para o povo brasileiro”, destacou Uczai, no final da sessão, ao agradecer apoio que recebeu dos colegas.

O petista lembrou ainda que o atual governo e sua base de sustentação tomaram com prática desrespeitar o Parlamento e o povo brasileiro impondo medidas que retiram direitos da classe trabalhadora sem respeitar o devido debate legislativo. “Vamos nos opor a essa hegemonia e ao mesmo tempo propor outra agenda para o país. Vamos oferecer a resistência democrática, no espaço que ocupamos legitimamente, de forma especial, à proposta do governo sobre as reformas da previdência e trabalhista”, destacou.


Outras Notícias
Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro