Close Menu

Busque por Palavra Chave

Na Essência | Gestão empresarial e a falta de mão de obra qualificada!

Por: Júnior Chisté
27/05/2019 09:55

Quem me segue no Instagram (JrChiste) sabe que meus Stories sempre provocam discussões, reflexão e no meu direct geram um tráfego que às vezes beira à exaustão.

No último sábado, na série "faça uma pergunta pra mim", respondi a difícil indagação de um empresário da região, proprietário de quatro grandes estabelecimentos comerciais: "o que um bom gestor, nos dias de hoje, tem que fazer para liderar"?

De pronto me veio à mente um dos livros que já li esse ano e também minha experiência enquanto treinador de desenvolvimento pessoal em inúmeras empresas e municípios do sul do Brasil.

Os últimos estudos acerca deste assunto apontam que o grande líder, o gestor seja de uma empresa ou de determinada seção, ele tem que dar respaldo, confiabilidade, saber as necessidades de seus colaboradores, ou seja, dar a eles sim autonomia para opinarem, para se sentirem bem no ambiente de trabalho. O resultado disso será sempre o sentimento de importância enquanto se está na empresa.

Sei de empreendedores que possuem cerca de 1.000 colaboradores na empresa e que estes nem ao menos cumprimentam essas pessoas e mais que isso, quando se dirige a um deles é com espasmos de uma pessoa completamente desequilibrada.

O resultado: rescisões a todos os dias com o pedido de dispensa desta verdadeira "guerrilha mental".

Não é porque você está pagando alguém que pode desvalorizá-lo, reconheça seus atributos e terás engajamento e força/resultados em sua produção.

No jornal O Globo deste último final de semana, lá está a manchete: "Encontrar mão de obra qualificada é mais desafiador que há 5 anos para 88% dos executivos, segundo pesquisa.

Esta manchete quer dizer muito, imaginamos algumas situações.

Primeiro que se você tem excelentes profissionais em várias seções de sua empresa, valorize-os, qual a probabilidade de encontrar mão de obra qualificada a curto prazo?

Segundo, para os quase 15 milhões de desempregados no país, que tal vasculhar o mercado e saber realmente onde estão essas vagas?

Mas dirão aqueles "Júnior, o mercado está precisando de trabalhadores na TI (Tecnologia da Informação) e somente entendo do meu celular."

Caramba, faça cursos técnicos, inclusive através da própria internet ou através do setor público de ensino. Há sempre novas turmas, com diversos segmentos anunciando que determinados ensinamentos estão sendo ofertados.

Só está desempregado quem quer!

Só está se ganhando o mesmo salário há anos porque não se capacita para outras funções!

Saia desta zona de conforto e pesquise, seja curioso, vá atrás e formule seu planejamento.

Mesmo no Brasil, onde continuamos com a expectativa em termos econômicos, há um mercado esperançoso e pedindo pra você se qualificar e deixar de fazer parte desta estatística horrenda.

Mas você tem que querer.

E quanto a você colega empresário, entenda as necessidades de seu colaborador.


Alesc - Outubro - Mobile
Uniedu - Governo SC
Floripa - Um novo amanhã - Mobile
Essenciais de Verão
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro