Close Menu

Busque por Palavra Chave

AQUI TEM GOVERNO

Deputados impedem Colombo de presidir PSD

Por: Marcos Schettini
29/05/2019 21:10 - Atualizado em 29/05/2019 21:14

Golpe no golpe, espinhas quebradas

A iniciativa do ex-governador Raimundo Colombo de articular a derrubada de Gelson Merisio do controle do partido, acertando em Brasília uma iniciativa arbitrária de Gilberto Kassab sobre a sigla em SC, o que se esperava era que Colombo fosse premiado pelo desempenho e ser, neste caso, levado à presidência em uma justa demonstração de respeito das bancadas estaduais e federal. Recebendo o mesmo veneno, os deputados decidiram entregar a liderança a Milton Hobus, o simpático deputado estadual. Com a carne ferida nos moldes que igualmente desferiu, o lageano conseguiu o inédito. Pelo desrespeito que produziu, agora vive. Desfiliado, o ex-presidente da Alesc tomou coragem e saiu. Sentiu que era o momento e viu que a agressão indicou a direção da saída para outro rumo.

Agora resta ao morador da Coxilha Rica seguir, sangrando, na mesma direção. Se os próprios deputados não aceitam que presida o que já estava definido, por questão de honra, deve fazer o mesmo. Se foi dele a iniciativa de puxar o tapete, tropeçou junto. Sem mandato, apenas encoberto pelo cargo de palestrante nas viagens pagas pelo partido a nível nacional, negado por seus pares, a melhor direção é a mesma do ex-companheiro. Ou, neste caso, baixar a cabeça. Júlio Garcia, o presidente da Assembleia Legislativa, ligando para dizer da decisão unânime, foi sua dupla dor. Neste cenário, perdeu para ninguém.


Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro