Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Li, Vi e Ouvi | Perdão, luta e violência

Por: João Lamarque de Almeida
01/07/2019 09:12 - Atualizado em 26/06/2020 12:01

Perdoar

O tempo no Brasil é de divisão e rancor. Pode parecer uma solução simplória, mas nos últimos 30 anos, o sentimento de perdão foi consolidado como um campo de estudo científico com resultados notáveis. Os pesquisadores da área descobriram que quem supera o ressentimento, desculpa as ofensas e deixa para lá os planos de vingança tem uma melhor saúde da mente e do corpo.

Sem dor, sem ganho

Muitas pessoas acreditam que depois de uma sessão de treino é necessário sentir bastante dor para que o exercício tenha efeito, o famoso “no pain, no gain” (sem dor, sem ganho). Essa dor recorre, geralmente, quando iniciamos uma atividade física nova ou quando excedemos a capacidade de nosso corpo de suportar a intensidade que nos foi imposta.

Violência sexual

O terceiro conferencista do “Fronteira do Pensamento em 2019”, o Nobel da Paz congolês Mukwege tem um trabalho contra os crimes sexuais que deve servir de referência global, inclusive para Brasil. Enfatizou que traçamos linhas vermelhas contra o estupro como arma de guerra. Com o objetivo de debater e trazer alternativas sobre este tema para a realidade brasileira, há grande expectativa sobre a vinda de Mukwage ao ciclo de conferências “ Fronteiras do Pensamento”.

Pensamento

“Os filhos são âncoras que mantêm as mãos agarradas à vida”.

-Sofócles.


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro