Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Tá na Rede | Sérgio Moro e os deputados catarinenses; confira a análise do Tá na Rede

Por: Weliton G. Lins
05/07/2019 11:31

Os deputados catarinenses e Moro

Na última terça-feira, o Ministro da Justiça e Cidadania, Sérgio Moro, foi recebido na Comissão de Constituição e Justiça, que em conjunto com as comissões, do Trabalho e Direitos Humanos, receberam o ex-juiz, para ouvi-lo falar, a respeito de toda polêmica que tem cercado o ministro, envolvendo os vazamentos divulgados pelo site The Intercept Brasil.

Sereno

O ministro, sempre calmo, sereno e tranquilo, respondeu perguntas e trouxe esclarecimentos, por quase 8 horas. Numa batalha entre governo e oposição, ataques e defesas ao ex-juiz, foram feitas por vários parlamentares, que só não ''saíram no braço'' por conta do decoro parlamentar. O Tá na Rede acompanhou toda a audiência, dando total atenção, aos catarinenses presentes na comissão. Estiveram presentes os deputados Coronel Armando e Pedro Uczai, e a deputada Caroline de Toni.

Coronel Armando

Inscrito como primeiro orador, e falando como vice-líder do governo, o deputado federal Coronel Armando (PSL) foi direto e objetivo, defendendo o ministro Sérgio Moro. Citando o caso Adélio, em contraponto a questão do caso Marielle, ressaltando ser ficha limpa, e destacando que democracia não pode ser conduzida pela ideologia, Armando fez o seu papel. Defendeu o ministro do governo, atacou a oposição, lembrou as manifestações do último domingo, e afirmou confiar em Sérgio Moro.

Pedro Uczai

Depois de mais de cinco horas de audiência, quando muitos inscritos usaram a palavra, muita discussão já tinha acontecido, tumulto e etc, foi a vez de outro deputado catarinense usar o microfone. O deputado Pedro Uczai (PT), seguindo na linha da oposição, fez vários questionamentos ao ministro. Destacou que o juiz foi parcial ao julgar o ex-presidente Lula, inclusive, fazendo a defesa do líder maior do seu partido.

Caroline de Toni

Terceira catarinense a falar, a deputada Caroline de Toni (PSL), usou seu tempo, pra defender o ministro. Apontando todo o trabalho do ex-juiz, hoje Ministro da Justiça e Cidadania, frente a Operação Lava Jato, a chapecoense, disse que a tentativa de incriminar Sérgio Moro, nada mais é, do que uma tentativa clara da oposição, de fazer a Lava Jato entrar em descrédito. Comparando Sérgio Moro ao ex-presidente Lula, Caroline afirmou que Lula sim, foi o pior criminoso que o país já teve, ao contrário do juiz.

Isca

  • O secretário de desenvolvimento econômico de São José, Waldemar Bornhausen Neto, é o novo presidente do Podemos de SC. O novo presidente do partido, é primo do ex-deputado federal Paulinho Bornhausen
  • O deputado federal Rodrigo Coelho (PSB), gravou um vídeo com o presidente Jair Bolsonaro, na manhã de ontem, quando o presidente mandou um recado de gratidão a Joinville, pela votação de 2018. Próximo do presidente, e demonstrando apoio a ele, o parlamentar se prepara para seguir o mesmo caminho do prefeito de Chapecó Luciano Buligon, que ao declarar apoio a Bolsonaro, foi expulso da sigla.
  • A deputada estadual Ana Caroline Campanholo esteve em Balneário Barra do Sul ontem a noite, prestigiando a abertura da 27ª Festa da Tainha.

Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro