Close Menu

Busque por Palavra Chave

SP Convention

Por: Frei Luiz Iakovacz
14/02/2017 10:39 - Atualizado em 14/02/2017 10:40
(Foto: Arquivo de Luiz Iakovacz) (Foto: Arquivo de Luiz Iakovacz)

A carta do apóstolo Paulo aos Filipenses começa assim: “Bendito seja Deus que do alto céu nos abençoou e nos escolheu para sermos santos e irrepreensíveis diante de seus olhos” (Fp 1,3). Com este pensamento quero agradecer os muitos benefícios que Deus me concedeu nesses dois meses de férias (10 de dezembro – 14 de fevereiro), depois de dois anos em Angola.

Agradecer a Deus pela direção do Jornal LÊ NOTÍCIAS ao qual, mediante vários pedidos para que passasse a coluna Perspectivas a outra pessoa – me propôs que este espaço me será reservado, mesmo que, semanalmente, não envie o artigo.

Agradecer a Deus pela Província Franciscana que, além do dinheiro para as férias, custeou os exames médico e dentário. Foram duas semanas: a primeira, quando vim de Angola e a outra, agora, ao retornar no dia 14.

Agradecer a Deus pelas visitas realizadas a familiares e parentes. Em Santa Catarina (Concórdia, Gaspar, Seara, Chapecó, Caxambu, Riqueza e Campo Erê); no Paraná (Cascavel e Toledo); em São Paulo (Bauru); no Mato Grosso do Sul (Dourados e Campo Grande); Mato Grosso (Cuiabá, Ipiranga do Norte, Sorriso, Cláudia e Lucas do Rio Verde). Foram 17 cidades onde encontrei abraços cheios de alegria, calor humano e, em alguns deles, lágrimas silenciosas.

Encontrei parentes bem sucedidos na vida e outros buscando alternativas para uma melhor sobrevivência. Uns estão em idade avançada, outros lutando com doenças, especialmente, o câncer.

Porém, os encontros foram marcados pelas conversas em família, troca de ideias, esclarecimentos religiosos. Como esquecer as pescarias e as noites ao redor de um peixe ou churrasquinho, acompanhado de polenta e um bom vinho?! As horas passavam, sem que delas nos apercebêssemos. Depois, as fotos e vídeos sobre Angola, quantas curiosidades e perguntas despertaram...

E a benção da casa?! Nascia espontaneamente das conversas e era marcada pela fé. Com certeza, nos ajudará a “remover as muitas montanhas” que a vida nos apresenta.

Por fim, agradecer a Deus que me faz o apelo de retornar a Angola por mais dois anos. Recebi apoio e incentivo de todos, inclusive, de minhas três irmãs e um irmão.

Por tudo isso, Deus seja louvado e, de Angola, periodicamente, nos encontraremos na coluna Perspectivas.


Essenciais de Verão
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro